25 fevereiro 2008

Sou brahmeiro é o caralho!


Muito me espanta esse termo utilizado pela nova propaganda da Brahma. Sou fã da número 1, que, vale lembrar, faz 120 anos em 2008, assim como a abolição da escravatura (muito bem observado por Julio Vellozo no Carnaval carioca). Ela é minha número 1 de fato, seguida pela Original e Faixa Azul - antes gostava mais da Faixa Azul, mas a Antarctica de SP conseguiu estragar esse clássico.

Bom, voltando ao assunto, o reclame da Brahma usa o tal termo brahmeiro. Primeiro que isso é coisa de micareteiro. E micareteiro, pelo que eu saiba, só bebe lixos como Schin ou Itaipava. Aliás, é uma raça de alienado babaca que nem sabe o que está bebendo.

A premissa é boa, até. Exalta aqueles que querem reunir os amigos no bar, que ralam a semana inteira e sentam num botiquim para celebrar a vida etc. Mas esse termo é o cu da cobra. Mais respeito com a Brahma, senhores.

A obra - tinha que ser - vem da mente do sr. Nizan Guanaes, o propagandista tucano. De fato, ele é perito em usurpar valores populares e vendê-los por aí. Um recadinho a ele, então: brahmeiro é o caralho! Não me venha querer equiparar a grande Brahma Chopp a lixos vindos de Itu. Já basta nos ter empurrado goela abaixo o digníssimo governador paulista e sua corja...


4 comentários:

filipe disse...

Acho que o nizan deu uma viajada.

É aquela mania do publicitário brasileiro, de sentar em alguma mesinha em Cannes, durante o festival, e comer e beber como um porco, pra achar que vem algum insight. Fatalmente, essa ele deve ter criado em alguma chez-longue olhando as loirinhas no topless.
Ou seja: era melhor ter ficado quieto.

"brameiro" é foda...

É DOMINGÃO
Já tá na mão, japonês. Laranja, naturalmente.

evao do caminhao disse...

por mim, colocaria só o zeca bebendo a breja

sem uma palavra, uma música, nada

ah, poderia ter a pança à mostra

muito orgulho!

droga, tô na promessa... esse post não ajudou

Forza Palestra disse...

Muitíssimo bem lembrado, japonês. Vi esta merda pela primeira vez em uma placa de publicidade do Palestra, no sábado último, e tomei um susto. "Brahmeiro"? Que merda é essa? Já me veio à cabeça o adesivo que alguns filhos da pita colocam no carro com a inscrição "Sou chicleteiro". Morte a vocês, filhos da puta!

Como eu não sou publicitário - felizmente! -, pergunto: por que diabos tirar o foco do Zeca e inventar agora esta merda?

Rodrigo disse...

Barney,

Não é verdade que seus irmãos frequentam esse negócio de micareta aí?

Abs