09 outubro 2007

Não mexe com quem está quieto...


Eu não ia escrever nada sobre o jogo entre Corinthians e elas do último domingo. Até porque meu time continua numa draga imensa, e mesmo com tal tabu inventado pela mídia ter sido apagado.

Até aí, tudo bem. Mas hoje, ao invés de ficarem quietinhas e se resignarem com o sabor da derrota, as bichas aparecem querendo se vangloriar desse título válido por um campeonato de merda. Sim, estamos na zona de rebaixamento, mas não vamos cair. Ao contrário de vocês e da porcada, que já sentiram o gostinho da segundona.

Só mais duas coisas. Primeiro que tabu é nossa vantagem de 19 vitórias no confronto direto. Segundo: CHUPA BICHARADA! Assumam a derrota e não tapar o sol com a peneira. Só porque tá dando medinho de perder o que era impossível de perder?

AQUI É CORINTHIANS, CARALHO!

--------------------------------------------

Atualização de postagem: Andréz Sanches venceu as "eleições" corinthianas e é o novo presidente do clube. Nada mais previsível. O lobo em pele de cordeiro deu o golpe certinho, certinho. MAS É TUDO DA MESMA LAIA!!!!

E se antes era Fora Dualib, agora é FORA SANCHEZ!!!

Acorda, Fiel!


10 comentários:

Forza Palestra disse...

Infelizmente, japonês, não "era impossível perder". Ainda é. Não dá pra perder essa merda e isso se deve a três motivos:

1. Os pontos corridos são a excrescência maior do nosso futebol - e é repugnante ler as merdas quase diárias que o Juca Kfouri escreve.

2. Os bambis mineiros eram o único time capaz de evitar isso. E eles são, como se vê, uma farsa.

3. Os juízes deram 12 pontos para os bambis no primeiro turno. Eis aí a enorme vantagem dos caras.


Sobre cair para a Segunda Divisão, devo dizer que nós caímos sim. E voltamos, com a honra que sempre pautou a nossa história. E vocês deveriam ter caído duas vezes já, mas sempre escaparam por conta do regulamento.

Abraços

Craudio disse...

Barneschi, também acho o impossível perder impossível. Mas garanto que já tenha são-paulino com medo.

Sobre os pontos corridos, não só são uma merda como também é uma merda o teu pai, JK. Hoje, por exemplo, ele compara a média de público dos mata-mata com o Brasileirão 07. Comparação ridícula, exdrúxula e imbecil.

E se a gente não caiu porque o regulamento não permitiu, é porque não era para cair. Ou alguém deveria ir preso, por exemplo, por algum crime que não existe no código penal?

Forza Palestra disse...

Medo de quem, cara? Como tirar uma vantagem de 11, 12 pontos em oito jogos? Impossível!

Filipe disse...

Mas Palestrino... deixe de besteiras...
É claro que há honra na camisa esmeraldina, não é preciso ressaltar esse ponto.
Porém, segunda divisão não é lugar para o Timão, e não será com o Betão que cairemos.
Se até os regulamentos nos favoreceram (como favoreceriam o mesmo Palestra, ou qualquer, caso estivesse na mesma situação, que fique claro e distinto a todos) em algum ponto na História, não será pela conjuntura da trairagem da agenda política de destruição.

Mas é justamente sobre esse ponto que devemos pensar, Japonês.
Que a coisa está assim: garçia e sanxes. dois bagulhos dos mais sórdidos.
Esse sanxis quer abrir capital, transformar o terrão numa S.A.
"ó que puta idéia e esse xarope vem falar merda!"
Não, nem fudendo, diria eu do alto de minha arquibancada.
O que vai trazer para o Corinthians? Nada. Mas empresários deitarão e rolarão. É o apêndice do projeto do traidor, baseado nas patas do asnesi. Veremos "Fagneres" indo embora a cada dia.
A Camisa, o Manto, será a cada dia mais e mais aviltado.
O Terrão pode ser um "mercado de capitais" só e somente só se for para que se invista nele mesmo. Pois senão esse dinheiro jamais vestirá o Manto.

Enfim, esta eleição está sendo levada a toque de caixa (descompassado, obviamente, pois esses falsos malandros não compreendem a sutileza do samba, quiçá do Coringão) por este senguer, e esse sanxis já tinha tudo encaminhado para a "campanha".

Eu estava na reunião da CooperFiel, e posso assegurar que esse sanxis é um dos inomináveis filhotes da agenda política. Prova, portanto, de que o traidor era só uma pecinha, justamente o contrário do que diz o slogan, fato muito bem assinalado e antecipado por este ilustre blog há algum tempo.
A simples presença deste tipo de gente já corrompe qualquer processo. Um lambe-bolas pediu a palavra, nesta reunião, apenas para, por longos dois minutos, enaltecer aquele ser decrépito. Este cara é o tampax e provavelmente será reeleito.

Fora isso, esse juca pode colocar uma camisola com uma calcinha rendada desenhada na barriga e sair saltitando como uma gazela e gritando ser bambi.

Que aliás voltam àquela condição imposta pela natureza.

Proponho cantar o hino por setecentas e setenta e sete vezes ininterruptas, no último volume do fôlego de cada um, só pra ficar muito mais claro quem é que manda nessa porra.

VAI CORINTHIANS!!!

Filipe disse...

ah, sim. a impossibilidade, é verdade.

Mas vai que elas perdem quatro seguidas... Fatalmente poderão perder mais quatro, e nessas, até o gaymio pode levar.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Craudio disse...

Ah, com certeza essa eleição não vale nada pra mim. O Sanchez é tão ou mais prejudicial que o velho gagá.

E os caras devem estar adorando essa vitória pré-eleições. Eu tô é cada vez mais aflito porque tiveram a condição necessária para mudar o estatuto e até agora isso não veio à tona...

evao do caminhao disse...

sofri muito ontem

chama esse bando de galinha pra sentar numa mesa de boteco

não foi legal encontrá-los no estádio

filipe disse...

Não lembra do estatuto, senão essas eleições de ontem vão pro saco...

FORA CORJA IMUNDA!!!

ACORDA FIEL!!!

Evão, bora lá no buteco.
Daí discutimos os oito meses de invecibilidade do Coringão... hahahahaha
Mas fica o convite para, em um sábado, degustarmos uma feijoada na Gloriosa Quadra da Gaviões da Fiel. Melhor que buteco, hein.

...e comemoramos a decisão de Araçariguama, de proibir a cor verde.

evaodocaminhao disse...

que mané quadra da gaviões

bora prum boteco em campo neutro

FILIPE disse...

Não existe lugar neutro nesse mundo, caríssima.

Mas você perderia uma ótima oportunidade de estar em um buteco de responsa verdadeiramente, com direito a Escola de Samba de verdade...