24 setembro 2007

Falta bola


Coisa inadmissível é perder os 3 jogos do ano para o maior inimigo. Desses 3 jogos, em dois tivemos onze (mais reservas que entraram) pessoas sem o mínimo de dignidade. Por desconhecimento ou omissão, não têm a noção do que é um Corinthians e palmeiras. Mais uma vez, esses bisonhos que vestem o manto não honraram a tradição. E ficaram com medo de jogar.

Não sou fã do jornalismo de estatísticas - até porque o futebol é tudo menos isso -, mas sou um tanto quanto supersticioso. Se pegarmos a quantidade de vitórias naquele lugar, ela vai ser ridícula. Não se trata de desculpa. Perdemos, e já disse que por incompetência. Tirando o goleiro, que fez umas 4 defesas milagrosas, o resto é resto. Mesmo assim, é de se reconhecer que aquele lugar também ajuda a má-fase.

Ontem vi o ex-jogador Rincón participando do mesa redonda. Uma das poucas coisas que se pode aproveitar naquele programa foi a fala do colombiano. Rincón afirmou categoricamente que falta hombridade. Pois esses bisonhos estão com o salário em dia. E por mais problemas fora de campo que existam, quando se está dentro das quatro linhas, isso passa desapercebido. É jogo de bola. Quantos de nós, por exemplo, não batemos uma pelada para esquecer dos problemas? Imagine se ganhássemos salários acima da média - e realidade - brasileira para isso...

Vislumbramos novamente a zona do rebaixamento (e digo que não cairemos). Porém, aos jogadores do Corinthians falta bola. No gramado e no meio das pernas.

----------------------------------

O próximo post será sobre a tal reforma ortográfica que está vindo por aí. Ainda não li muita coisa sobre o assunto, mas digo que irei continuar escrevendo do jeito que aprendi. Ou seja, buscando sempre a correção gramatical...


3 comentários:

evaodocaminhao disse...

vc sabe que entre timinho e porquinho sou mais vc...

mas como tu mesmo disse, seu time não tem colaborado em nada.

não sei como vou viver sem o uso da trema!

Forza Palestra disse...

Como eu já disse, nem parecia clássico...

Ju disse...

Falta mais do que futebol! Falta é vergonha na cara desses féla!