01 setembro 2007

O campeão dos campeões.


Corinthians! Queria ter nascido antes para ter visto o primeiro, em 1914. Queria ser mais velho para ter visto Neco, o primeiro dos ídolos. Queria ter visto aquele ataque de ouro, com Baltazar, Luisinho, Cláudio, Carbone e Mário. Quantos gols, Corinthians! Meu xará - e também inspirador do meu nome - ainda é o maior dos artilheiros...

Ah, Corinthians, queria eu ter tido idade para ir à Venezuela ver você massacrar Roma e Barcelona, levando seu primeiro mundial. E também ganhando a Taça do IV Centenário, justamente em cima dos maiores inimigos. Histórico, Corinthians!

Me sinto culpado, Corinthians, em não ter te apoiado durante os tenebrosos 23 anos, e um pouco triste de não ter participado da grande marcha em direção da Cidade Maravilhosa. Mais de 70 mil, Corinthians! Só para te ver ensacando aquele timinho do pó-de-arroz.

E 1977, Corinthians? Honrados são aqueles que estiveram na noite de 13 de outubro empurrando o resto do time para cima do adversário. E gritando, finalmente, é campeão! E depois disso, continuar gritando a mesma coisa, ano sim, ano não. Você nos acostumou mal...

E chega 1981, quando eu entrei na sua vida, Corinthians. No meio da Democracia. E do time que jogava como um passe de mágica. Mas o primeiro título que tenho memória foi o de 88. Com o tão menino e ainda mais iluminado Viola fazendo aquele gol que tem a tua cara, Corinthians. A Telefunken já pequena ficou minúscula para a minha alegria.

Desde então, Corinthians, passei a fazer parte dessa nação. Nação que conquistou o mundo em janeiro de 2000 e o Brasil por quatro vezes. "Um pouco mais brasileiro"... Mesmo com as tristezas que você anda me dando, Corinthians, quero dizer que minha vida é tua. Na vitória ou na derrota.

Parabéns Sport Club Corinthians Paulista.

Acorda, Fiel!


8 comentários:

Filipe disse...

Ah, Corinthians...

"Eu sou
Corinthians!!!
Eu sou
Corinthians!!!
Eu nunca vou te abandonar!!!
Porque eu te amo!!!
Eu nunca vou te abandonar!!!
Porque eu te amo!!!"
(cantar por noventa minutos)

Bela declaração, Corinthiano!!
Se os genes pudessem transmitir memória eu me lembraria do início...
Hoje só precisamos de goleiro, laterais, zagueiros, volantes, meias-armadores, centroavantes e técnico.
Manto nós temos, o mais lindo do mundo.

evao do caminhao disse...

tão poético

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

faz um desse no meu aniversário?

Forza Palestra disse...

Dois comentários:

1. Parabéns! (justo, merecido e digno)

2. Primeiro título mundial? Tá bêbado, japonês?

filipe disse...

Japonês, duas notas na trolha hoje são estarrecedoras.
A primeira no painel fc. MP quer fechar a Gloriosa Gaviões (faz tempo, né... nem devia ser novidade...) e a torcida de jovens velhos e viúvas pelo ocorrido na Pça Charles Miller neste domingo. Coisa premeditada pela própria PM (o que também nunca será novidade deste espelho de MP). Enfim, a agenda política está em ação, e se a atual diretoria ficar olhando só o carnaval (que vai ser bom, já viu o Samba-Enredo de 2008? Coisa fina, meu) é capaz da farda tornar a ser proibida.
A segunda coisa é uma nota na ilustrada, coluna outro canal. A emissora câncer, depois de afundar o futebol brasileiro ao longo de duas décadas (quase), quer agora se livrar do prejuízo que financiou.
Ou seja, após afundado, deixarão o futebol lá, cheio de fumaça rosa por cima.

O Povo?... tem gente que ri...

Craudio disse...

Filipe: esses absurdos do MP estão cada vez mais risórios. Não só foi premeditado esse encontro - que provavelmente deve ter sido mais uma briga de colégio do que uma "guerra na Dr. Arnaldo" -, como também aquela palhaçada que a PM fez no fim do clássico, quando as torcidas se juntaram ao lado do alambrado para comemorar e a polícia reprimiu. Hoje não pode nem fazer festa... Espero que a diretoria dos Gaviões abra os olhos realmente, porque não adianta ter só espírito guerreiro. Tem que ir pra cima também (além de um pouco de humildade em reconhecer que as coisas não estão nada bem para todas as torcidas). Ah, e tu foi domingo? Não consegui falar contigo...

Evinha: irei fazer um mais belo ainda, como lhe é de merecimento!

Barneschi: se aquela mentira de 51 vale, porque não nosso grande título de 53 na Venezuela, depois de debulharmos Roma e Barcelona?

Forza Palestra disse...

Você é um brincalhão...

Sobre a perseguição bem levantada pelo Filipe, este tal Paulo Castilho, bambi de marca maior, está agindo aos poucos, nos bastidores. Mas não se deixem enganar: é o sucessor do Aparecido Capez.

Filipe disse...

Japonês, não pude ir no domingo. Só fui sábado na quadra...
Você vai hoje? Preciso comprar ingresso ainda. Te ligo depois das três.

Palestrino; brincalhão? Explique-nos.

Realmente, nada está bem para as torcidas de verdade.
As de mentira não ligam pra isso, mesmo.
O problema é que só tem moleque hoje em dia. No jogo contra o Grêmio, estávamos eu e o camarada, você lá do outro lado, e reparamos que os velhos estão parando, japonês. Não tem velho mais no bumbo. Só moleque. Alguns são responsa, outros não tanto. As lideranças estão se escasseando.

Arrisco dizer que ganhamos contra o peixe só porque não tinha nada de bolacha gordurosa. Tivesse essa gente, os caras peidariam.
Daí vem filho da puta em mesaredonda falando que "tinha só cinco mil, um absurdo; dividir com a torcida do santos". Absurdo é essa gente que senta com o time perdendo.
Só vai quem representa. É assim que deve ser. Fica em casa no sofá, gordura. Zica do caralho!!!
Não é não?

Craudio disse...

Filipe, é isso mesmo. E domingão tinha exatamente a galera que representa. Gordura muito pouca...

Os véio tavam lá embaixo, ao menos. Fazia tempo que não via também. E a molecada tá cada vez mais com a mão cansada. Ou estão se preservando pra tocar só no carnaval.

Depois do clássico, eu pensei exatamente num post, que qualquer dia desses publico. O título será exatamente esse: "Prefiro só 5 mil".

Hoje tamo lá, ligae!