24 julho 2007

Grandeza é pela glória


Eu não deveria perder meu tempo respondendo a mais uma das inúmeras imbecilidades que os bambis dizem e que a imprensa adora propagandear. Eu deveria escrever aqui sobre a reunião do conselho vendido de hoje, que deveria votar pelo impeachment do velho gagá e a saída dessa "parceira". Mas aí eu vejo o quanto a tradição e a grandeza do Corinthians incomoda.

O bambi-mor, que andava meio sumidinho depois de ser humilhado publicamente pelo Vampeta e de ver seu time cambaleando, voltou à cena. E aproveita a má-fase do Coringão para tentar fazer com que aquela imundice cediada no Morumbi esteja no mesmo patamar que o nosso. O fato é que sugerir o que está naquele link ali de cima é desconhecer a própria história.

Primeiro, desconhece porque não nasceu bambi, como a grande maioria delas. Vídeos no Youtube que mostram o Pit-bitoca comemorando o título paulista do santos no ano passado comprovam isso. E desconhecendo, não sabe que a imundice que ele representa só existe porque os dois clubes verdadeiramente grandes e verdadeiramente rivais em SP assim o quiseram.

A ignorância, então, leva os bambis a distorcer a história e até invertê-la, porque é fato latente que quem recebeu ajuda financeira não foi e nunca seremos nós. Também não recebemos, ou melhor, roubamos dinheiro público para construção de estádio e reformas na sede social. Não temos, ainda, um diretor infiltrado em redes de televisão para vender a imagem de "administração modelo", mesmo sabendo das dívidas e das inúmeras incompetências administrativas.

Finalmente, fica o aviso a esse irresponsável bambi aparecido: cuidado com você e com a sua família. Deixo aqui registrado que, se ocorrer de trombar contigo na rua, farei a gentileza de tirar até o último resquício de sangue da sua cara suja. E nem se preocupe: o Corinthians é muito maior do que você imagina e jamais acabará.

7 comentários:

Olívia Andreolli disse...

Acho tosco consultar dirigente de outro time sobre crise.
Eu vivo zoando o Corinthians, mas dói ver o que os dirigentes do clube fizeram com o futebol, porque eles não atingiram só os próprios torcedores. Bom saber que dentro dessa torcida tem gente disposta a acabar com a palhaçada.

Ah, dá uma olhada no meu blog. A próxima vítima será você, beleza? Até pra fazer um contraponto. Acho importante.

Rodrigo disse...

Agosto ta aí. Espero que no mês seguinte o nosso Timão já possa comemorar um aniversário sem aquele que rouba nosso clube.

Quanto ao anão de jardim, é um merda qualquer q não merece o chão que pisa!

CHUPA, BOLÍVIA!

Ju disse...

"cuidado com você e com a sua família".

caralho, cráudio! você é muito marginal! hahaha

adoro!

Filipe disse...

Corinthiano, vejo só um erro.
É QUE BARATA NÃO TEM SANGUE.

HOLOCAUSTO BAMBI

Arthur Tirone disse...

Citei em um texto do meu blog o jogo em que Corinthians e Palmeiras (à época Palestra Itália) fizeram em 1.941 para arrecadar fundos para os bambys não desaparecerem... Esse time que se gaba de ter um estádio, mas que foi construído com dinheiro público, quando o então governador do estado de SP era Laudo Natel, que tbm exercia a função de presidente das bibas, desviou a verba para o Morumbicha. Dinheiro de corinthianos e palmeirenses, já que as baitolas começaram a ter alguma torcida em 92/93. O mesmo time safado que, durante a Segunda Guerra Mundial, quis tomar à força o Palestra Itália dos porcos.
Um timinho sem-vergonha que, movido pelo marketing e não pela paixão, jamais passará de um coadjuvante em uma cidade que para quando acontece um Corinthians e Palmeiras, na minha humilde opinião, o maior clássico do mundo!
Abraço, Craudião!
Favela

Craudio disse...

Abaixo, mais dois exemplos de quem é pequeno e quer se crescer às custas dos outros:

http://lancenet.com.br/clubes/COR/noticias/07-07-26/133492.stm

http://lancenet.com.br/clubes/COR/noticias/07-07-27/133562.stm

Lamentável. Assim como essa campanha maciça da mídia em tentar destruir o Corinthians.

Vão precisar de muito...

Craudio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.