20 julho 2007

Mortes: tragédias e alívio


Muitas mortes nessa semana. Primeiro, daquela tragédia aérea. Segundo, o Corinthians no Beira-Rio. Terceiro, o ACM, vulgo Malvadeza.

Do primeiro caso, eu gostaria de falar sobre dois tópicos e uma conseqüência. O primeiro deles é a burrice dos jornalistas que cobrem o fato. Não dizem coisa com coisa - chegam a falar que o avião derrapou e tentou arremeter, e todos sabem que não tem possibilidades físicas disso acontecer - e jogam termos técnicos no ouvido do povão. Segundo: politizam uma tragédia, na tentativa golpista de derrubar o governo Lula a todo custo. Fizeram até tocaia na janela do assessor do presidente e conseguiram um "flagra" em que o cara, supostamente, desdenha dos mortos. É claro, ao vermos o vídeo, que não se trata disso

E aí vem a conseqüência. O povão engole tudo isso como verdade. Todos parecem ser especialistas em aviação e usam aquele discurso vago e raso, em que a "culpa é do governo". Que governo, cara-pálida? Fossem tucanos no poder, essa gritaria toda sobre Infraero e governo federal estaria sendo feita? E porque não mencionam que o tal caos aéreo já data de muito antes? De minha parte, nem Cumbica é seguro, pois já há muitas casas no entorno. E eu nunca confiei em algo mais pesado e que o ar e ainda voa.

Dito isso, vamos à morte no Beira-Rio. O Corinthians morreu no campeonato. Não vai almejar nada, a não ser uma constante fuga da zona de rebaixamento. O time, que no começo se mostrava ao menos dedicado, nem isso é mais. E eu sempre disse que a diferença daquele fantoche pra esse era nenhuma. Sobre a "diretoria" e a "parceira", eu não digo mais palavra. Só aguardo a morte ou prisão de todos.

Morte igual a de ACM. Esse câncer do Brasil, que acaba de ser extirpado. Deixa herdeiros? Sem dúvida. Mas a referência já não mais existirá, e seus correligionários irão se perder quando a água bater na bunda. Morre com ACM uma força do Regime Militar. Morre um pedaço da tortura. Morre um pouco da usurpação do estado da Bahia. E o Brasil respira um pouco. Mas não duvido nada culparem "a esquerda" da morte do coronel. E olha que o PT já não é mais esquerda há uns dez anos...

7 comentários:

evao do caminhao disse...

1. fatalidade... daria pra ter sido evitada? ninguém poderá responder... e mesmo que haja resposta, não há retorno das vidas que se foram. O tema já venceu o prazo de validade

2. grita bem agudo pro vampeta!

3. chama o padre da igreja dos pretos pra rezar a missa de 7º dia!

Filipe disse...

Post enumerado...
1) Empresários carniceiros que botam a merda mais pesada que o ar pra voar sem equipamento decente, contando com uma "taxa" de sorte altíssima. Uma pista da época em que meu vô levava as filhinhas todas emperiquitadinhas num domingo de sol pra pegar a estrada de terra só pra ver avião decolar. Um governo que não reformou a pista, mas fez a operação belezura e inútil no saguão e no café (sim, a infraero obedece - ou deveria - ao presidente, na instância que for). Uma pista minúscula, que não tem merda de "grooving" nem muro pra não deixar o avião ir parar na estrada de terra - que hoje é uma avenida de muitas pistas. Chuva...
Junta tudo e põe na pressão. O groovie dá um boom e o presunto termina assando (perdão).
Aliás, qualquer coisa serve para desqualificar o governo. Espionar o vacilo da cortina aberta inclusive (viva o watergate...). Mas ex-stalinista vacilão, assim, a gente nunca tinha visto, japonês.
Prefiro a análise do patrimônio do çenado, raposa felpuda dos pampas, senador Pedro, o simon; "A nação inteira chorando e o Palácio querendo dizer que a culpa não é do governo. Claro que a culpa é do governo. Essa série de absurdos que está acontecendo é culpa do governo. Mesmo que não fosse, comemorar [que não seja culpa do governo] é uma bofetada no povo brasileiro". O çapo está comendo as botas neste instante (hahahaha). Que merda que o açeçorzinho fez!?... Isso pega pro homer que assiste a porcaria que o bonner faz naquele câncer asqueroso. É, de fato, uma bofetada no sofá de casa. Da próxima vez a turma toda do pardinho vai fazer isso no banheiro trancado, com a luz apagada...
Tragédia!!! Gente conhecida de gente conhecida. Esses abalos viram onda na humanidade... Gente próxima que poderia ter estado no vôo. Tragédia. Coisa mais que triste.
2) Suspendamos todos os gritos para gritar durante todo o tempo somente ÔÔÔ FORA DUALIB LADRÃO - e corja toda.
Não é pelo punhado (time?) que está usando o Manto. Pobres almas...
É O CORINTHIANS!!!
O CORINTHIANS!!!
O CORINTHIANS!!!
3)Chuta que é macumba.

Aliás, vai domingo? Trocou a bolacha?

Barneschi disse...

Japonês,

É a isso que me refiro quando falo do fascismo de vocês...

Pobre Lula, nunca tem culpa de nada...

Craudio disse...

Fascismo? Que culpa tem o Lula do avião ter defeito e do piloto ter feito barbeiragem?

Eu, pelo menos, não acredito nem em avião e nem em Falha de S. Paulo...

Barneschi disse...

O Lula é sempre inocente... nunca sabe de nada, é praticamente um santo...

E dá-lhe mania de perseguição!

Craudio disse...

E por que em 1996 a culpa não foi do FH? Por que naquele acidente foi uma tragédia?

Ao que me parece, já naquela época os equipamentos de comunicação eram sucateados, os controladores eram sobrecarregados, as filas nos check-in já eram enormes...

O que me incomoda são os dois pesos e duas medidas para tudo. Mas você tá acostumado com isso, vide o caso jogos na altitude.

Viva Bolívia! Fora TAM! Pau no cu do Santos Dumont!

Filipe disse...

Porra japonês.
Comparar a grande lula com esse çuvaco çarnento??...
As culpas do çapo são sempre maiores, pois dele se esperava alguma coisa. Mínimas coisas, mas alguma coisa.

Lógico que em 96 a culpa foi do çuvaco, sem dúvida. 2007 também.