27 novembro 2008

Inaugurando


Dando seguimento à promessa de fazer um rígido acompanhamento ao governo Kassab, inauguro hoje a seção Hora da Patrulha, que poderá ser acompanhada pelo marcador patrulha logo abaixo de cada texto.

Na cerimônia de abertura, temos a presença de ninguém menos que Soninha Francine. Interessante a trajetória dessa moça. Ela fez fama na MTV apresentando programas de debates voltados à juventude e virou até comentarista de futebol. Tal proximidade com a molecada transformou-a num belo quadro político, tanto que foi eleita vereadora do PT. Só que aí...

Há na política inúmeros fatores determinantes para o sucesso eleitoral. Coerência é uma das mais importantes, a meu ver. Porém, tudo que a jovem senhora em questão não possui é a coerência. Durante sua passagem pelo PT, ela foi uma das que mais fez eco aos discursos golpistas anti-Lula na época do "mensalão" (invenção tucana, lembrem-se disso), criando uma indisposição com a cúpula petista e o isolamento no partido. Ao mesmo tempo, Soninha passou a votar contra a determinação de sua coligação na Câmara - e outro elemento imprescindível na política é a lealdade partidária -, demonstrando inadequação aos preceitos do centralismo democrático.

Depois dessas tretas todas com o PT, a moça migrou para o PPS, filial tucana destinada a receber pseudo-esquerdistas que, na verdade, tiveram raros espasmos progressistas e nunca admitiram a própria peleguice. Foi nesse período que ficou muito próxima do então prefeito e atual governador José Serra. Por conta disso, refugou o convite do Bloco de Esquerda para compor candidatura com Aldo Rebelo e saiu pelo PPS, prestando grandes serviços à campanha do generalzinho, o Paulinho do Serra.

A recompensa para esse sinuoso caminho chegou agora. Deu no Estadão que "Soninha deve comandar Subprefeitura na gestão Kassab". Para aqueles que viam na moça a grande alternativa de São Paulo e se deixaram seduzir por aqueles papinhos ecológico e politicamente correstos, é bom começar a rever os requisitos na hora de escolher em quem votar.

Eu avisei!


2 comentários:

pehnatabua disse...

A Soninha não passa de uma grande decepção. A ida ao PPS já mostrava isso. No fundo, quer aparecer. Quer visibilidade. Foda-se qualquer ideologia...

Filipe disse...

Cê acompanhou a discussão dela com o ombudsman da trolha falha?
Valeria compilar e deixar por aqui.