29 janeiro 2010

Mais uma chance


Domingo queremos mais do que jogar bola, mais do que raça, mais do que sangue nos olhos. Domingo queremos que esse time dê à Fiel o que lhe é de direito, que o Corinthians faça o povo feliz. E a felicidade, nesse caso, é um só resultado.

Comemoremos o fato do derby ter voltado à capital paulista e ao Estádio Municipal. Aliás, cabe o parêntese: é preciso tirar o nome sujo que estampa a fachada do Templo Sagrado. Digressões à parte, o lado positivo do maior clássico do mundo ser realizado novamente em sua casa é fazer com que muita gente entenda de vez o seu significado. E se o Corinthians não ganhar, já sabe...

A partir do papo de comprometimento, a gente faz a interpretação natural de um fato, que foi o obeso, a baleia disforme, dando migué na última quarta-feira. Medo demais, risco demais? Foda-se se ele arrebentou no ano passado, foda-se que foi personagem principal dos dois títulos. "Toma chocolate, paga lo que debes", principalmente se levarmos em conta os seis meses posteriores de férias remuneradas. Se está com medo, se está desmotivado, pede para cagar e sai.

É preciso arrebentar esse escudo inviolável do Gordo e mostrar que o corinthiano também sabe cobrar. Gente muito mais alinhada aos princípios do Coringão passou por diversos mau-bocados e, por isso mesmo, hoje são consagrados como nossos ídolos. Digo ídolos de verdade, e não aqueles demagogos que furam a festa de um dos maiores títulos de nossa história para ir a um programa de TV.

Será que só eu estou incomodado com o fato de ninguém apontar o dedo na cara de certos jogadores e lembrá-los de que AQUI É CORINTHIANS? Estamos à beira de um importantíssimo clássico, mas parece que a pré-temporada ainda não terminou. Perdoem-me os sofás e os sem-alma, eu não consigo ficar tranqüilo numa semana como esta.

Concentração total e espíritos armados no domingo. VAI CORINTHIANS!

4 comentários:

Fernando Cesarotti disse...

No fim, japonês, quem perder vai dizer "É pré-temporada" e todo o nhenhenhém de praxe, e a dor de cabeça fica só pra gente - ou, no caso, espero que pra vocês.

Dureza, esse tal de futebol atual.

Claudio Yida Jr disse...

De fato, meu velho. A gente tem que agüentar jogador que fica com medinho de jogar clássico.

No mais, espero que minha dor de cabeça seja da ressaca de domingo hahahaha.

Filipe disse...

Dali do alambrado não se perde um lance. Migué, Porta-Voz. Foi MIGUÉ.

OU JOGA POR AMOR
OU JOGA POR TERROR

Sempre foi assim.

É DOMINGÃO!!!
AQUI É CORINTHIANS!!!

Corinthiano disse...

Foda, são coisas que vão me irritando mas...
Antes DO clássico, desde segunda-feira só venho pensando nesse jogo, não quero cobrar ninguém e apontar o dedo na cara de ninguém, quero o ambiente tranquilo, sem tumultos, ao menos até as 19:10 do dia 31!!!
DOMINGO É DIA DE CANTAR E APOIAR O TIME DURANTE 2HORAS!! Antes, durante, no intervalo e depois do jogo! Quem for pra xingar o vaiar jogador que fique em casa!

AQUI É CORINTHIANS, É GUERRA!!