13 janeiro 2010

Os "problemas" do Centenário


A bola nem rolou para o Corinthians no Centenário, mas a abutraiada, sedenta por uma crisezinha, bota as asas de fora desde a virada do ano. Inúmeros "problemas" assolam o Coringão, entre eles os enumerados a seguir:

- há muitas opções para a montagem do time titular. É muito jogador, muita contratação. Assim não dá.

- a diretoria pode anunciar um patrocínio de R$50 milhões anuais, número recorde no país e no mundo. No entanto, segundo a voz da verdade, o Timão vale menos para o mercado que Paul Gasol, da NBA.

- o Fiel Torcedor tem mais associados que o número de ingressos. Isso é desorganização, apesar de garantir uma graninha extra com as anuidades e a garantia de casa cheia antecipada.

- todo o elenco é composto por jogadores velhos. Veteranos como Dentinho, Jucilei, Defederico, Ralf e Boquita prorrogam suas aposentadorias. Ao mesmo tempo, lá pelos lados do Jardim Leonor, a contratação de idosos é tratada como aposta na experiência.

- Ronaldinho, o astro do time, é gordo e só grava comerciais. Um absurdo, mas só porque ele está no Corinthians. Se fosse o bambi-merengue, por exemplo, seria modernidade e profissionalismo.

- há uma briga de foice pela camisa 10. Os atletas candidatos ao manto que já vestiu grandes craques corinthianos incendeiam uma crise interna no grupo.

- falando em 10, corre à boca-pequena que o antigo meia-armador, aquele que saiu por conta de uns trocados a mais do futebol árabe, irá servir o rival verde. Pura falta de planejamento e indício de desmanche mal-feito do elenco do ano passado.

- Demagoguinho Carioca diz que não, mas vai disputar todos os campeonatos e será o pivô da demissão do técnico Mano Menezes.

- ex-selecionáveis priorizam a Canarinho em detrimento ao Corinthians, mas a culpa não é das constantes perguntas sobre o tema nas coletivas. Eles falam sobre o assunto por iniciativa própria.

- tem muito jogador para bater faltas. Isso pode causar outra crise de relacionamento; jamais seria variação tática.

Família, é esse o tom da imprensa suja nos últimos dias. E aí eu pergunto de novo: JÁ SE ARMOU PARA O CENTENÁRIO?

Não é festa, é guerra, e começa hoje. VAI CORINTHIANS!

5 comentários:

Filipe disse...

Perfeito post, mano!

Manchete do caderno de esporte do estrago do zambaulo de hoje: "Festança corintiana vira festinha".
É que RC6 não vai jogar, assim como Tcheco e Danilo, além do Gordo, também não irão.

Festinha, abutraiada, é o que a torcidinha alienada promove a cada encontro naquele puteiro oficial da abutraiada e do poder público corrompido.
Fosse um joguinho de Várzea, a FIEL faria FESTA. Não é "festança", nem "festinha"; É FESTA, com maiúsculas.
Porque é o CORINTHIANS que estará ali.

CHUPA, anticorintianada de merda!

AQUI É CORINTHIANS!!!

Filipe disse...

Ah, sim; nossa FESTA é a GUERRA. Somos Filhos de Jorge, e isso é coisa nossa.

À merda, anticorintianada.

luis disse...

Luis F

Isso é so o começo, basta ver o Redação sportv( puxa saco da CBF), e se deparar com a latrina ambulante chamada Renato Mauricio Prado, mas como é guerra eles usam as armas que tem e nos as nossas

Vai Corinthians 2010!!!!!!

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

Nossa arma é o apoio incondicional.
Nossa armadura é o Manto Sagrado.
Nosso defesa é São Jorge que faz.

Pau no Cú dessa corja.

Esse ano nada vai estragar, é o ano do povo, com Corinthians nas cabeças, Dilma Eleita e Gaviões no carnaval.

Ah mano, eles já tão reclamando de tabela, nem começou o campeonato, choro antecipado.

Abraço!

VAI CORINTHIANS!

izabel disse...

bah, acrescenta mais uma, hoje no uol:
"CORINTHIANS TIRA RONALDO DE JOGO QUE VAI DARÁ RENDA A VÍTIMAS DO HAITI"
putaqueopariu, como dá raiva desses caras.

(e se tá no uol hoje, vai sair na bolha amanhã).