14 janeiro 2010

Nós temos o mundo


Há uma sina corinthiana que nos faz conquistar títulos marcantes em anos ou em datas redondas. Explico com fatos: Campeão em 1922 no Centenário da Independência, Campeão do IV Centenário em 1954, 1º Campeonato Brasileiro em 1990 e, finalmente, 1º Campeão do Mundo de Clubes da Fifa em 2000. É sobre este último caneco que iremos tratar, já que ele faz aniversário de 10 anos justamente no... NOSSO CENTENÁRIO.

Tanto do ponto de vista geográfico quanto futebolístico, foi o maior torneio já disputado entre agremiações de todo o planeta. E todo o planeta, na noite abafada de 14 de janeiro de 2000, sucumbiu à força do Corinthians. Litros infindáveis de cerveja foram consumidos naquela ocasião, o choro da alegria alvinegra alagou mais que as chuvas torrenciais de verão e o verdadeiro campeonato mundial interclubes teve como palco nada menos que o Maracanã, o Maior do Mundo, que provavelmente retribuía a histórica Invasão da Fiel de 1976.

A abutraiada e os anticorinthianos logo trataram de desmerecer nossa conquista, como fazem toda vez que o Coringão vence. É natural, pois somos a representação do povo e, segundo a lógica desse mundo vil e mesquinho, o povo não pode ser feliz. Vos digo que, de tão importante, trata-se do único título mundial que o Brasil conquistou em seu Templo do Futebol, coisa que nem a Seleção Brasileira foi capaz.

Por causa do Corinthians, a mais poderosa emissora de TV perdeu na audiência. Por conta da final do Mundial, a capital paulista parou como se fora uma final de Copa do Mundo. No 14 de janeiro, preto e branco ficou o planeta azul. Coisa de pouca importância, segundo os picaretas que insistem em louvar taças do jipe ou da gripe.

Parabéns a todos nós, corinthianos, que estivemos de corpo presente ou com a alma no Maracanã. A vitória no Mundial é mais uma página de Corinthianismo puro dentro desses nossos 100 anos de existência. Para terminar, retomo a curiosa sina de anos redondos para lembrar: o nosso campo, o Estádio Municipal do Pacaembu, completa 70 anos nesse 2010. Para se pensar...

PODE ACREDITAR! TIMÃO É CAMPEÃO DO VERDADEIRO MUNDIAL!




37 comentários:

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

Eu tinha 10 anos! 10 dias depois fiz 11.

Inesquecível!

os outros são campeões da taça gurgel.

Abraço!

Filipe disse...

PARABÉNS, CORINTHIANADA!
O mundo aos nossos pés. O único título mundial que o Maior do Mundo assistiu o Brasil ganhar.

Aliás, MUNDIAL significa "DO MUNDO". Taça gurgel era Sul-América e Europa, ou seja: mera fração de um Mundial de verdade.

AQUI É CORINTHIANS!!!

Mônikita disse...

Parabéns pra nóis

e lembra o maraca todo gritando continuamente ÔÔÔ TODO PODEROSO TIMÃO!

Foi de lá que veio isso ... como uma mantra em cadência marcada e precisa

VIVA O CORINTHIANS!!!!

Forza Palestra disse...

Evitarei comentários, japonês.

Filipe disse...

Não há mesmo o que fazer, Palestrino. O Corinthians é o primeiro Campeão Mundial.

E o Eurico escondeu ingresso pra não ver nova Invasão Corinthiana. Certo ele, né? Imaginou a vergonha do Bacalhau caso isso viesse a acontecer, em pleno Maior do Mundo? Foram só 30.000 presentes...

VIVA O CORINTHIANS!!!

Nicola disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Campeão Mundial de 2000 foi o Boca, que bateu o Real Madrid.

Mundial é disputado entre o campeão da América e o campeão da Europa, sempre foi assim...

Abraços

Claudio Yida Jr disse...

À porcada, convido nosso amigo João Medeiros a falar sobre o significado desse campeonato.

Filipe disse...

"Mundial" é quando representantes do mundo disputam.
Os clubes europeus não se consideram "campeões mundiais" da taça toyota. São campeões intercontinentais, APENAS.

Nicola, a América e a Europa é bem menos que a metade do mundo...

É dever nosso ensinar também geografia...

E não venha falar que não existe Futebol em outras partes do mundo pois até a Coréia já chegou em uma quartas-de-final de Copa do mundo.

O que é engraçado nessa tentativa de diminuir o primeiro campeonato da FIFA, maior entidade do Futebol Mundial, ganho pelo CORINTHIANS, é que a anticorintianada de merda apenas expressa a dor de cotovelo.

Para diminuir o CORINTHIANS precisam "arquitetar" a desculpa de que a FIFA teria criado o campeonato "apenas para o Corinthians ser campeão". Se vê muito imbecil falando uma coisa dessa.

Ao tentar menosprezar o Corinthians, a própria anticorintianada de merda trata ele como algo superior - sem perceber, pois a anticorintiania é coisa burra: é "quase unanime".
Superior até mesmo com relação à FIFA, maior entidade do Futebol Mundial...
O que apenas mostra a esquizofrênica dor de cotovelo da anticorintianada...

Tudo porque quem ganhou o "torneio de verão encomendado" da FIFA foi o CORINTHIANS. E o ranço elitista dessa nossa çoçiedade persiste no subconsciente, desde 1913, quando o Clube do Povo devolveu o Futebol ao Povo.

AH, ESSE CORINTHIANS...

Nicola disse...

Com todo o respeito, caros gambás... Quantas vezes esse torneio foi disputado? Qual era o critério para a seleção dos times que o disputaram?

E essa mesma FIFA, quer acabar com a arquibancada, então o que ela reconhece ou deixa de reconhecer, pra mim pelo menos, grande bosta!

É verdade, o mundo não se resume a América e a Europa... Mas tratando-se de futebol, que tradição tem os times da Oceania, África e Ásia? Que tradição tem o futebol nesses lugares, se comparados com Brasil, Argentina, Uruguai, Itália, Alemanha, Espanha..?

Eu já acho um absurdo o que vem sendo feito desde 2005, enquanto os europeus disputam Liga dos Campeões e aqui a Libertadores (e mesmo pra se classificar para a disputa desses torneios já é difícil, quanto mais ser campeão), simplesmente pegam um time da Ásia, outro da Oceania, e outro da África, só pra dizer que existem times de todo o mundo disputando... Pode até haver um torneio para a seleção destes, mas contra um monte de times ridículos, sem torcida nem tradição nenhuma. Grande bosta outra vez! Na final acabam sendo os campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões de qualquer jeito...

Aí resolvem fazer um único torneio desses e chamarem de Mundial, que sentido faz isso? Depois só de 2005 em diante passaram considerar Mundial também, mas com os campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões...

Portanto PAU NO CU DA FIFA, e o campeão mundial de 2000 foi o Boca.

Abraços

Claudio Yida Jr disse...

Nicola, se o Mundial não incomodasse tanto, você não estaria aqui debatendo conosco. Não sei o porquê dessa obsessão carcamana em querer ficar diminuindo nossas conquistas. Sempre digo, por exemplo, que a gente só dá importância pra Libertadores porque vocês ganharam. E caso a gente ganhe, esse ano ou em outro qualquer, a rivalidade trata de inventar um novo mote.

Eu sempre digo que o choro por conta do Mundial foi o Vasco - que vocês consideram clube-irmão e isso eu nunca vou entender - ter desbancado vossa presença no Torneio. Por isso, clamo de novo as palavras do João para que ele corrobore tudo que falamos por aqui.

Por fim, se formos apostar em tradição no futebol, a Ásia, sendo o berço, tem todos os méritos. De minha parte, ainda prefiro conquistar o planeta no Maracanã, templo máximo do futebol. Ainda na tradição, aponto a contradição: que tradição tem a Toyota no futebol que seja mais legítima que a da Fifa. A modernização está na cabeça de quem comanda a entidade, não é algo institucionalizado. Ou você deixa de usar seu cartão Visa por discordar do setor patrocinado por ele no Parque Antárctica?

Abraço!

Filipe disse...

Não é o MUNDIAL DA FIFA que incomoda Nicola.

É que o CORINTHIANS ganhou o MUNDIAL DA FIFA. Esse é o problema para a anticorintianada de merda...

Esse argumento venceu qualquer um, pelo nível de relação que ele trava entre duas coisas de grandezas tão distintas: "essa mesma FIFA, quer acabar com a arquibancada, então o que ela reconhece ou deixa de reconhecer, pra mim pelo menos, grande bosta!"

Sim! Grande bosta a Copa do Mundo! Grande bosta o MUNDIAL de 2000!

E não lhe importa se o senso comum brasileiro é o único a chamar de mundial um torneio de um jogo só entre dois continentes, ainda que o mundo tenha seis continentes?

Você já imaginou o esforço de um time africano para disputar o MUNDIAL, Nicola?
Menos anticorintiania histérica, meu caro. Bem menos, por favor...

Aliás, o critério que colocou o CORINTHIANS na disputa foi o mesmo que fez o Uruguai ser o campeão de 1930, por exemplo.

Deve ser uma merda ser anticorintiano e viver com tanta pulga atrás da orelha...

Nicola disse...

Não é o MUNDIAL DA FIFA que incomoda Nicola.
É que o CORINTHIANS ganhou o MUNDIAL DA FIFA."


Isso é você que está dizendo, Filipe... Se o Vasco tivesse ganho, minha visão seria a mesma.

Vou tentar ser mais claro: Da na mesma um Mundial disputado entre os campeões da Liga dos Campeões e da Libertadores, ou com estes e mais os times da África, Ásia e Oceania, porque a final será entre o campeão da Europa e o campeão da América, simples. Os times dos outros continentes são irrelevantes, uma merda, sem expressão nenhuma.

E no caso desse Mundial da FIFA de 2000, sequer participou o campeão da Libertadores, aliás, a Taça Intercontinental (Mundial) foi disputada normalmente entre Boca e Real Madrid naquele ano, respectivos campeões de seus continentes, ou seja, a FIFA simplesmente DECIDIU fazer esse torneio, e uma vez apenas. Ridículo! Eu não considero isso um Mundial.

Quanto ao critério que colocou vocês nesse "mundial", me refiro a como criaram esse torneio, que sentido fazia chamar o Vasco por exemplo, para as emissoras terem mais audiência no Rio de Janeiro?

E Claudio, não tem nada a ver com a Toyota, ela patrocinava o torneio, sim, mas era algo coerente, o campeão europeu disputar o Mundial com o campeão da Libertadores... Bem diferente de escolher x times e criar um torneio do nada, que nunca foi disputado depois. E já havendo uma forma de disputa que acontecia há décadas, e continua até hoje. Mas claro, a FIFA tem que meter o dedo, ela PRECISA mandar em tudo, até onde fica a torcida...

Abraços

Filipe disse...

Caro, é da natureza de uma entidade máxima decidir, meter o dedo, fazer e desfazer. Não que eu concorde com a forma, mas recapitulemos o conteúdo; a FIFA decide o campeonato no final de 98, começo de 99. Com Vasco da Libertadores e Corinthians como país-sede. Fosse na Argentina o Mundial, o Boca seria o país-sede por ter ganho o Argentino - talvez, não sei ao certo se foi mesmo. Mas neste mundial foi o Corinthians, por ser Campeão Brasileiro de 98.

A grande diferença é que o clube europeu ou sulamericano disputa com o africano ou o asiático quem ganha o jogo. Não fica determinado que Europa e América do Sul apenas podem disputar um jogo que, em todos os sentidos, é apenas um jogo intercontinental.

E, sim, meu caro; você só traz à tona essa discussão por aqui porque o PRIMEIRO CAMPEÃO DA FIFA É O SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA, O CLUBE DO POVO.

Quando (SE) os bambis puderem serão os primeiros a fazer cisão, como fizeram em 1913 (porque o CLUBE DO POVO havia ganho na bola, e a já bixarada estava melindrada), em 27 e em 35, no Futebol Paulista. Esse papel de diminuir o Mundial de 2000 é inglório, pois depois sabe-se como termina, não é mesmo?
O próximo passo seria um 1938...

Abraço

Nicola disse...

"a FIFA decide o campeonato no final de 98, começo de 99. Com Vasco da Libertadores e Corinthians como país-sede. Fosse na Argentina o Mundial, o Boca seria o país-sede por ter ganho o Argentino - talvez, não sei ao certo se foi mesmo."

Esse é o ponto, do nada resolverem fazer esse torneio. Por que não fizeram com River e Boca, então? Ou em qualquer outro país?

Você diz que o Corinthians é o primeiro campeão Mundial FIFA. E daí? Primeiro e último, certo?

Desde 1960, o Mundial, ou Intercontinental, é disputado praticamente do mesmo jeito, campeão da Libertadores e da Liga dos Campeões, só a partir de 2005 que resolveram botar essas tranqueiras da Ásia, África e Oceania, mas não adiantou nada, tem prevalecido aquilo que sempre foi... No caso do título de vocês é mais absurdo ainda, porque em 2000 foi disputada a Taça Intercontinental normalmente, simplesmente fizeram um torneio paralelo porque deu na cabeça da FIFA. E fizeram um único, então porque raios esta porra deveria ser considerada um Mundial, só porque é da merda da FIFA?

Não é questão de diminuir vocês, nem Palmeiras, nem Corinthians, nem Vasco tem um título Mundial, o Corinthians sequer chegou a disputar, e os bambis tem três. Grande bosta, elas não chegam nem aos pés da grandeza de nós e do Vasco.

Abraços

Filipe disse...

Não é nem um pouco "do nada" que "resolveram" fazer esse campeonato, Nicola - é esse o ponto correto da coisa toda.

Entenda que o Futebol é o principal esporte no mundo.
A FIFA é entidade máxima no mundo.
O mundo precisa de um campeonato de verdade, e o de 2000 foi o primeiro. O último foi agora, em 2009, e em 2010 haverá outro. E esse jogo intercontinental foi merecidamente extinto, pois não tinha valor de causa, a não ser para o patrocinador.

Não é "resolveram botar tranqueira da Ásia", meu camarada. O Futebol - repito - é o esporte principal no mundo. O mundo todo joga bola.
É no mínimo estranho que fossem alijados das disputas os outros continentes.

"...resolveram botar essas tranqueiras da Ásia, África e Oceania, mas não adiantou nada, tem prevalecido aquilo que sempre foi"
Foi em 2000 que "resolveram"; e "não adiantou nada" fica um pouco forçado, pois eles disputam e podem vencer no campo, compreende? É esse o sentido do Futebol...
"Prevalecido o que sempre foi" é uma coisa, mas prevalecido através dos jogos disputados - e não alijados - é outra. Existe um sentido de justiça em deixar as "tranqueiras" disputarem. Se o europeu ou o sulamericano é tão bom, porque não mostram em campo? Percebe a diferença?...

E não sou eu, o Japonês e a Fiel Torcida que estamos dizendo que o CORINTHIANS é o primeiro Campeão Mundial. É a entidade máxima do Futebol.

No mais, o puteiro tem apenas um Mundial. Os outros são jogos intercontinentais.

Entendo sua revolta para com a FIFA, mas isso não diminui a importância da entidade máxima, percebe? E vou além; todos esses argumentos seus - "só porque é da merda da FIFA", "deu na cabeça da FIFA", entre outros - foram largamente explorados pela imprensa bambi durante essa década. Para ser bem claro, direi que você apenas reproduz o que a corja do puteiro quer que todos reproduzam, porque é absurdo, para essa escória, que o Clube do Povo seja campeão do Mundial...

Por fim, você questiona "porque não fizeram em outro país?". Ora, meu caro, o Brasil é o país do Futebol. Você deveria é se orgulhar de termos sido escolhidos como a primeira sede para o Campeonato Mundial.
E identifico aí mais um ranço, típico de um ideário que reproduz apenas um ódio para com o próprio país. É aquela coisa, para certos brasileiros só o que vem de fora presta. Nada daqui presta. Não sei se é esse o seu caso, mas nesta frase sua você está a articular esse ideário, ainda que sem querer.
Se tivessem escolhido a Inglaterra como sede, o Mundial teria mais "valor" para você, né?

Meu Vô costumava dizer que existem brasileiros que não merecem o Brasil.
Quando moleque, não entendia patavinas do que isso significava. Fui aprendendo. Quando o collor subiu, quando o collor caiu, comecei a entender, mas só fui entender mesmo com o tal do plano real que nos colocava num "patamar financeiro de primeiro mundo". O brasileiro tem o sórdido costume de diminuir o próprio país, como nessa coisa de querer ser igual aos EUA ou a Europa. Coisinha bem de tucanocrato-DEMagógico (que é coisa das oligarquias do século dezenove, que carregam por aí ainda hoje).
Isso, aplicado no Futebol, gera a anticorintiania e essa coisa de falar que o primeiro campeonato da entidade máxima "não tem valor", e alegam motivos que, esses sim, não tem valor prático. Pois o mundo é muito maior do que imaginamos. E o Brasil também.
E é exatamente para mostrar isso tudo que o Corinthians aconteceu, em 1910. E continua acontecendo até hoje.

Abraço

Nicola disse...

"O mundo precisa de um campeonato de verdade, e o de 2000 foi o primeiro. O último foi agora, em 2009, e em 2010 haverá outro. E esse jogo intercontinental foi merecidamente extinto, pois não tinha valor de causa, a não ser para o patrocinador."

Pera lá... Uma coisa é fazerem como a partir de 2005, o que é aceitável, você pegar o campeão da Libertadores e da Liga dos Campeões e mais os melhores times asiáticos, africanos e da Oceania, e fazer um Mundial.

Outra coisa é fazer como foi em 2000, simplesmente escolher um país, trazer Real, Manchester e outros timinhos que representem os outros continentes.

Ou seja, esse torneio de 2000 foi disputado uma única vez, de 2005 pra cá já era totalmente diferente a fórmula, não estou querendo defender os bambis, muito, muito longe mesmo de mim, mas porque elas precisaram ganhar a Libertadores pra disputar o Mundial e vocês foram simplesmente "escolhidos"?

O Brasil é o "país do futebol"? Generalizando, digo que os argentinos são muito mais fanáticos, por exemplo. Um time como o San Lorenzo, que não deve ter 2milhões de torcedores, tem uma torcida que simplesmente arregaça várias torcidas de times maiores daqui do Brasil... Seria a mesma coisa que escolherem o Flamengo pra disputar porque eles tem a maior torcida do Brasil. O resto que se foda então?

"Se tivessem escolhido a Inglaterra como sede, o Mundial teria mais "valor" para você, né?"

Você está me entendendo mal, cara. Seria um absurdo do mesmo jeito, em 2000 o Boca ganhou a Libertadores e o Real Madrid a Liga dos Campeões, disputaram a final e pronto. Aí no mesmo ano a FIFA decide ir pra Inglaterra, pegar dois times de lá e mais outros de cada canto do mundo e fazer um suposto Mundial? Isso que não entra na minha cabeça, simples.

No mais, tudo bem os times que eu coloquei como "tranqueiras" disputarem o Mundial... Só que o time da América passa pela Libertadores, o da Europa pela Liga dos Campeões, e as tranqueiras muito provavelmente por torneios semelhantes, pra chegar lá.

Esse torneio de 2000 não teve nada disso, como eu falei, sim, simplesmente decidiram fazer um torneio avulso sem critério nenhum, e ainda por cima em 2000 foi disputada a Taça Intercontinental entre Boca e Real Madrid, logo, se quisessem fazer um Mundial com esses times dos outros três continentes, teriam que pegar Boca e Real pra representar América e Europa, respectivamente.

Abraços

Filipe disse...

Por Tutatis...
O Primeiro Mundial teve os campeões continentais, meu camarada. A fórmula é a mesma dos anos seguintes.

Não tem essa coisa de "avulso".
O Corinthians é o campeão do país-sede, em 1998. Até hoje tem o representante do país-sede, inclusive na Copa do Mundo.
Os times de 2000 não foram "escolhidos", estavam lá por méritos.

E para não ter que repetir o que já disse, peço que releia: você está reproduzindo argumentos falhos. Não estou te entendendo mal não; você demonstra isso a cada comentário.

E a torcidinha do san lorenzo não peregrina em multidão de 70 mil por mais de 500 km. E, pasme, sei que você vai reproduzir o argumento de que não houve invasão. Fato é que houve (Nelson Rodrigues...) e fato é que o Mundial de 2000 é legítimo (diferente do que você quer fazer parecer, reproduzindo o que a imprensa bambi diz).

Em 2000 o boca ganhou a Libertadores em junho, ou julho.

O Mundial aconteceu em janeiro de 2000...
E é FIFA, não toyota.

O que não entra na sua cabeça é que o PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL é o CORINTHIANS. Admita isso e tudo ficará muito mais fácil.

Abraço

Nicola disse...

Claro que tem essa coisa de avulso, porque foi disputada a Taça Intercontinental? O torneio foi em 2000, que raios a porra do Manchester tava fazendo lá se não ganhou a Liga dos Campeões, e porque o Boca não participou, se havia ganho a Libertadores naquele ano?? Óbvio que a fórmula era diferente. O argumento é que o torneio "é da FIFA". Mas coerência não teve nenhuma, o campeonato não continuou nos anos seguintes, seguiu a Taça Intercontinental... E a partir de 2005 é que foram fundir criando o tal Mundial da FIFA, usando normalmente os campeões da Liga dos Campeões e da Libertadores. Que história é essa de "país sede", se não é Copa do Mundo? Só nesse título de vocês mesmo...

Não comparei a torcida do San Lorenzo com a de vocês, e sim com times como o Cruzeiro, por exemplo, proporcionalmente eles são muito mais ativos, digamos assim. Isso que eu quis dizer, pra mim não tem essa que o Brasil é o país do futebol, em vários outros lugares encaram o futebol da mesma forma.

Poderia argumentar que o Palmeiras é o primeiro campeão Mundial, em 51... A FIFA não reconhece? Bom, recebemos a Taça de Jules Rimet, que na época devia ser considerado o fodão da "entidade máxima do futebol", certo?

Mesmo assim penso que é o certo é jogar o campeão da Libertadores com o campeão da Liga dos Campeões, e se fazem tanta questão, os melhores times (que não são nada) dos demais continentes, como é feito desde 1960, sem a FIFA interferir em nada, só a partir de 2005 e com essa aberração de 2000. É a minha opinião...

Abraços

Claudio Yida Jr disse...

Eu não entendo o prazer que vocês têm de ficar questionando TODOS os nossos títulos, mas vamos lá.

Quer dizer que se, por uma tragédia, a Africa do Sul for campeã da Copa, o título não vale?

Quer dizer que se um mexicano que já está nas oitavas da Libertadores desse ano, também não vale?

É isso.

Nicola disse...

Todos não mano, só esse mesmo, hahahaha

Quem tem títulos questionados de forma ridícula são Palmeiras e Santos, 8 vezes campeões nacionais... Ou o futebol só começou em 71, antes disso não havia nenhum campeonato nacional em disputa?

Mas enfim, é óbvio que seria normal a África do Sul ser campeã, sempre foi assim na Copa do Mundo, ter o país sede... Quanto aos times mexicanos é justo, pelo que fizeram com eles ano passado... Agora, o único "Mundial" Interclubes com "time sede" (tá, vocês foram campeões em 1998/99, e o Vasco, porque tava lá? E o Manchester?) e sem o campeão da Libertadores foi essa coisa que vocês insistem em dizer que vale alguma coisa... Disputado em janeiro ainda, totalmente sem nexo.

Filipe disse...

Não é o "único" com "time-sede". Isso se manteve, como se mantém na Copa. Cazzo; é a décima vez que estou dizendo isso... A anticorintiania cega as pessoas, é incrível.

O Vasco tava lá como campeão da merda da Libertadores de 98, CARALHO.
É a décima vez que falo essa porra. A anticorintiania cega as pessoas, é uma merda...

"disputado em janeiro, totalmente sem nexo"... Sem nexo é isso que você está dizendo. Tem "época certa", agora, pra disputar uma porra de um campeonato???

O Primeiro Mundial, ganho pelo SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA envolvia os campeões de 98, meu camarada! Por isso a merda do boca e a bosta do manxester não estavam lá. Compreende? É a décima vez que falo isso, acho que você não tinha prestado atenção.

Sem mais delongas, só posso dizer:

anticorintianada DE MERDA, VÃO PRA PUTA QUE OS PARIU!!!

O PRIMEIRO CAMPEÃO DO MUNDO É O CORINTHIANS!!!

(só é aberração pra você porque o CAMPEÃO É O CORINGÃO. Já disse isso também, e você ainda não admitiu por ser muuuuito difícil...)

SE FODE, anticorintianada de merda!
CHUPA, anticorintianada de merda!

No mais, concordo que o Robertão deveria valer a mesma coisa que um nacional, mesmo não sendo organizado pela CBF (diferente do toyota, que era um joguinho intercontinental e só brasileiro babaca considerava mundial).
A FIFA não reconhece 51, nem 52 (quando os uruguaios do peñarol quebraram o CORINTHIANS inteiro na semifinal, e com roubo do juiz empataram e ainda assim não conseguiram ir frente... - literalmente quebrados; foram 2 pro hospital e outros 3 não jogaram a final contra o fru-fru (total de meio time fora da final), além do desgaste das excursões internacionais Corinthianas naquele ano, o que nos fez perder essa de 52 para a merda do fru-fru. Isso ninguém fala, né?...) da mesma forma que a CBF diz não reconhecer o Robertão. Acho isso errado também. Mas é diferente da indigência intelectual e moral de dizer que o Mundial de 2000 é uma "aberração".

Abraço.

Nicola disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Não adianta... Mas sim, lógico que tem época certa pra disputar um Mundial! 98?!?! E o torneio disputado em 2000, tá vendo? É lógico que é uma coisa avulsa, que não seguiu nenhuma lógica, a porra da FIFA decidiu fazer! De 2005 pra frente, quando essa merda de FIFA passou a considerar Mundial, o que fizeram foi pegar esses times dos outros continentes, MAS, com os respectivos campeões da Libertadores e da Liga dos Campeões daquele ano.

E vocês, ganharam a Libertadores? O que credenciou o Corinthians a disputar um Mundial, dois campeonantos brasileiros?!?! Então porque todos os outros times campeões nacionais em outras épocas não tiveram essa oportunidade, percebe? "Ah porque a FIFA que organizou..." FODA-SE! E o Vasco, campeão da Libertadores de 98... Mas essa merda foi disputada em janeiro de 2000, o último campeão sul-americano por acaso era o Palmeiras, e mesmo que este fosse chamado, também seria um troço feito nas coxas, e detalhe, que NÃO SEGUIU nos anos seguintes... Só em 2005 foram chamar de Mundial também, porém, aí sim com razão, afinal reunia os campeões de cada continente...

Por fim, você concorda que antes de 1971, o Palmeiras já havia sido 4 vezes campeão nacional, e que a merda da CBF não reconhece isso da mesma forma que a FIFA não reconhece os títulos "mundiais" de 51 e 52, certo? Então porque cazzo essa aberração de 2000 (sim!) deveria ser considerada um Mundial? Só porque a FIFA assim quer? Por que não o fazem também com os títulos de 51 e 52? Teoricamente, torneios muito semelhantes.

Abraços...

Filipe disse...

O Mundial de 2000 é Mundial porque é torneio que envolveu o MUNDO da Deusa Bola. E foi o primeiro a realmente fazê-lo.

Aberração é você dizer que o Vasco não poderia participar, sendo que o negócio começou a ser planejado COM OS CAMPEÕES DE 98. A data foi uma fatalidade, era para ter acontecido antes. Janeiro de 2000 foi o limiar.

O Corinthians - velho, vá se informar: a FIFA sempre dá uma vaga ao país-sede. SEMPRE! - foi o campeão de 98, e ratificou isso em 99. Não tem discussão. A vaga do representante do país-sede SÓ PODERIA SER DO CORINTHIANS.

E essa última ilação, tentativa sórdida de descaracterizar um argumento linear, invertendo tudo, é uma boa piada.
Não é poruqe a FIFA assim o quer, e sim porque o Campeonato foi o primeiro campeonato a envolver o MUNDO. Por isso é MUNDIAL.

Aberração é você dizer: "ah, você acha absurdo não considerarem o Robertão e a Taça Rio, mas não é absurdo considerarem o PRIMEIRO MUNDIAL de 2000". Não tem sentido lógico.

Pior é dizer "tem época certa para disputar". Enfim, a sua frustração aparece quando diz "o último campeão sulamericano tinha sido a gente, os engolidores de bracciola que vivemos em um chiqueiro imundo".
Ou seja, você demonstrou a razão da sua frustração, piorada pelo fato do CORINTHIANS ter sido campeão.

Sabe o que eu digo a isso?

CHUPA, porcada!!!
ATÉ O VASCO É MAIOR QUE VOCÊS!!!

(Factóide arrotado, visto que estava lá por 98, e não pelo motivo alegado. Na verdade, faço o mesmo movimento que a anticorintianada faz com tudo o que diz respeito ao CORINTHIANS, inclusive esse teu papo de que é uma "aberração" o PRIMEIRO MUNDIAL)

Capice?

Ah, outra coisa. Em 2000 tinha todos os campeões de todos os continentes. Portanto, você repete a mesma asneira toda hora quando arrota que "Só em 2005 foram chamar de Mundial também, porém, aí sim com razão, afinal reunia os campeões de cada continente..."

CHUPA, anticorintianada de merda!!!

O que credenciou a primeira seleção do mundo a ser campeã da copa, o Uruguai, foi o mesmo critério do Corinthians.
Jogaram, e muito, e ganharam a taça, assim como fez o CORINTHIANS.

CHUPA de novo, anticorintianada de merda!!!

A merda dos outros campeões nacionais não tiveram a mesma oportunidade por que DEUS não quis, e DEUS é justo. Vai encarar a justiça divina???

CHUPA outra vez, anticorintianada de merda!!!

HAUHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUA

AQUI É CORINTHIANS!!!

Nicola disse...

Puta merda, ta difícil você entender...

"Ah, outra coisa. Em 2000 tinha todos os campeões de todos os continentes."

Não tinha não, vocês nunca foram campeões da América. Ou seja, da Libertadores. FODA-SE que vocês foram campeões brasileiros de 98/99, o Palmeiras foi em 93/94, porque não teve Mundial naquela época? Porque como eu disse, a FIFA resolveu fazer com esse critério, que foi usado apenas nessa aberração de 2000. Quem era o "time sede" em 2005/06/07/08/09? Nenhum, eram os campeões (de fato!) de cada continente.

"O que credenciou a primeira seleção do mundo a ser campeã da copa, o Uruguai, foi o mesmo critério do Corinthians."

PUTA QUE PARIU mano, Copa, Copa do Mundo, não tem nada a ver com Mundial de clubes, porra! A ÚNICA vez que teve "time sede", esse tal critério que você está colocando, foi nessa bosta sem nexo que vocês chamam de Mundial. Mesmo de 2005 pra frente, quando a merda da FIFA resolveu incluir os outros três continentes com seus timinhos insignificantes, era o campeão da Libertadores e da Liga dos Campeões que, detalhe, por acaso já entram na semi-final.

Portanto, o campeão Mundial de 2000 é o Boca!

"A merda dos outros campeões nacionais não tiveram a mesma oportunidade por que DEUS não quis, e DEUS é justo. Vai encarar a justiça divina???"

Eu sou ateu, HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Abraços!

Filipe disse...

Difícil é você entender, porquinho.

O campeão da América do Sul era o Vasco.

E todo ano a FIFA tem um time que representa a sede. Vai procurar, se é que você é capaz.
Aliás, tudo isso eu já havia dito antes, mas é que você não deve saber ler direito. Enfim.

Ô porquinho burro...

O boca é campeão intercontinental de 2000.

E O PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL É O CORINTHIANS PAULISTA!!!

Chupa, anticorintianada de merda!


PS: olha a invejinha de porco boçal:

"o Palmeiras foi em 93/94, porque não teve Mundial naquela época?"

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Chora, porquinho, chora...
Chora muito.
Passe sua vida chorando de inveja: CORINTHIANS PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL!!!

Nicola disse...

Usei o bicampeonato nacional do Palmeiras como exemplo... Em nenhuma outra oportunidade usaram como critério um campeão nacional pra disputar um Mundial, e sim da América, porque uma única vez fizeram isso? Tá, foi a FIFA, mas sem nexo nenhum, porque não foi feita a junção com a taça Intercontinental já naquele ano, ao invés de esperar 2005 pra fazer o que realmente devia ser feito? Teve um Mundial em 2000, e depois só de 2005 pra frente, o resto não vale mais nada? Na boa, mas isso é absurdo. Por acaso de 2005 pra frente havia mais de um time brasileiro na competição?

E eu não estou te xingando cara, quer defender esse torneio de merda beleza, mas eu não faltei com o respeito com você.

Filipe disse...

Ah, velho, não fica bravo não!

Aqui é um boteco-arquibancada...
Todo xingamento tem que ser interpretado, compreende?

Cazzo! Vem um porco me encher o saco e eu não posso mais xingar???
Vai aparecer o promotor por aqui, agora???

QUE MUNDO FRESCO É ESSE?????

De fato, Mundiais são só os da FIFA. Considero a Taça Rio também. Mas como foi o porco ganhou, desconsidero, como você faz. Compreende?

A tal da "junção" foi feita, sim. E isso já foi dito. Você insiste num ponto, e fica parecendo que as lágrimas encobrem tua visão.

No mais, o Brasil não foi novamente sede, por isso apenas um brasileiro (quando campeão sulamericano) passou a disputar essa taça que pra você é sem nexo e não vale nada.

Absurdo mesmo é você achar ruim que o Corinthians tenha sido O PRIMEIRO CAMPEÃO MUNDIAL.

E desculpe minha grossura. Sou meio cabeçudo e devo ter te machucado por dentro, mas não fique sentido.

AQUI É CORINTHIANS!!!

Filipe disse...

Do RETROSPECTO CORINTHIANO.
Isso resume tudo, Nicola.

No centenário, 10 anos do Mundial de Clubes
O dia 14 de janeiro tornou-se especial para todo corintiano que se preze, pois foi nessa data, há exatos dez anos, que o Corinthians tornou-se o primeiro time a sagrar-se campeão mundial de clubes em uma competição organizada pela Fifa, a entidade que controla o futebol no mundo. É necessária essa observação uma vez que, até hoje, tem muito cronista esportivo jurando de pés juntos que quem manda no futebol é uma certa fábrica de jipes.

Para quem não se lembra, depois de muita negociação a FIFA escolheu o Brasil país-sede de seu primeiro mundial. Afinal, o Brasil já era na época tetracampeão mundial, sem nenhum outro país com tantos títulos conquistados.

Ficou decidido então que os participantes daquele mundial seriam oito: os detentores dos títulos da Libertadores da América, da Copa dos Campeões da Europa, da Concacaf, da África, da Ásia, da Oceania, da Copa Toyota e do Campeonato Nacional do país-sede (leia-se campeão brasileiro).

Houve quem tivesse a pachorra de alegar que o Corinthians havia entrado pela porta dos fundos, e isso porque era janeiro de 2000 e, depois de ser campeão nacional em 1998, o Timão repetiu a dose ao sagrar-se bicampeão brasileiro dias antes do Natal de 1999. Mas nada segura a fúria preconceituosa dos comentaristas esportivos.

Por motivos óbvios para qualquer corintiano, quase nenhum cronista se lembrou que a sacanagem aconteceu na escolha da Conmebol, e não na da CBF. Como campeão nacional de 1998, o Corinthians era o representante óbvio da entidade. O bicampeonato em 1999 apenas comprovou o merecimento e a qualificação do alvinegro. No entanto, quando ocorreram as indicações, o Palmeiras já havia se consagrado campeão sul-americano de 1999. Mesmo assim, a confederação subcontinental indicou o Vasco da Gama, campeão da Libertadores de 1998. Tudo porque os organizadores queriam fazer uma chave no Rio de Janeiro e outra em São Paulo, com a decisão do título no Maraca.

Os outros grandes concorrentes ao título eram o Manchester United, campeão europeu de 1999, e o Real Madrid, convidado por ter conquistado a Copa Toyota em cima do Vasco em 1998.

Em sua chave, o Corinthians enfrentou o Al-Nasser, da Arábia Saudita, representante da Ásia, o Raja Casablanca, do Marrocos, representante da África, e o Real Madrid.

Na estreia, contra o Raja, o Timão venceu por 2 x 0. Logo na segunda rodada, numa partida que poderia decidir o classificado do grupo com antecedência, Corinthians e Real Madrid empataram por 2 x 2 em um dos jogos de futebol mais bonitos a que assisti, com shows particulares de Edílson, Dida e Anelka. No último jogo da fase de classificação, o Timão foi a campo precisando vencer o Al-Nasser por dois gols de diferença. E a vaga na decisão veio somente aos 38 minutos do segundo tempo, num golaço de Rincón em chute de fora da área.

Filipe disse...

Continuação...

O adversário na final seria o Vasco da Gama, que venceu seus três adversários na primeira fase, inclusive o Manchester United, derrotado por 3 x 1 num verdadeiro show de Romário e Edmundo.

Apesar de serem dois times de futebol vistoso e ofensivo, a final foi tensa e estudada. Corinthians e Vasco respeitaram-se até demais. E o jogo foi um 0 x 0 chato no tempo normal e na prorrogação, com apenas um lance de perigo para cada lado em 120 minutos de bola rolando. Na decisão por pênaltis, estava 4 x 3 para o Corinthians quando Edmundo chutou para fora a última chance do Vasco naquela noite de sexta-feira num Maracanã na qual só se ouvia 20.000 corintianos entoando um novo mantra: ô, ô, ô, ô, Todo-Poderoso Timão. Minutos depois, a Fifa destacava em sua página na internet, para desespero da crônica antidesportiva: Corinthians é o primeiro campeão mundial de clubes.

A idéia original era transformar o mundial da Fifa em um torneio anual com sedes itinerantes. A segunda edição estava marcada para 2001. Ela seria realizada na Espanha e teria 12 participantes, inclusive o Palmeiras, prejudicado na escolha do torneio do ano 2000. Mas a ISL, empresa ligada à Fifa responsável pela organização das competições, faliu. Como outras competições ficaram em risco, inclusive a Copa do Mundo de 2002, o Mundial de Clubes acabou suspenso. Cronistas brasileiros estouraram champanhe e celebraram, acreditando que o título corintiano cairia no esquecimento. Mas o Mundial de Clubes foi retomado em 2005, num formato mais enxuto, mas mantendo a representação do país-sede.

Nicola disse...

Ahhh beleza Filipe, achei que você tava puto mesmo, hahahaha, sem problema.

Mas continuando, não foi feita junção porra nenhuma! Se queriam tanto fazer um Mundial nesse formato em 2000, que esperassem a decisão da Libertadores e da liga dos Campeões daquele ano, pegava os campeões dos outros continentes e acabou. Agora, me desculpe, mas esse bi-campeonato brasileiro não credencia vocês a disputarem um Mundial, queriam dois clubes brasileiros ótimo, então porque não foram Palmeiras e Vasco, os dois últimos campeões da América? Tá, já haviam escolhido o Corinthians... Então teria que ser o Palmeiras (não que eu esteja frustrado por isso)! Mas não, tinha que ter um time do rio... Pô meu, ridículo isso, só pra dar mais audiência?

E vocês metem tanto o pau na Toyota, que patrocinava a Taça Intercontinental, a porra da FIFA organizou esse de 2000 e depois teve que arregar porque a outra patrocinadora deles faliu... Por que não passaram a fazer junto com a Toyota então, que deu sequência a Taça Intercontinental normalmente nos anos seguintes?

Ou seja, nesses moldes, só teve esse torneio de 2000, que depois não teve sequência, "voltou" só em 2005 MAS JÁ substituindo a Taça Intercontinental...

Que outro time no mundo venceu um Mundial tendo conseguido a vaga pra competição sendo campeão de seu país? Por que raios o Corinthians seria o "representante óbvio"? Óbvio seria chamar os dois últimos campeões da Libertadores... Quem foi o campeão argentino em 98 e 99? Por que não chamaram ele?

E de 2005 até 2008, o Mundial foi disputado no Japão, como sempre foi na Taça Intercontinental... E com o campeão da Libertadores e da Liga dos Campeões, que sempre passaram pelos times de merda dos outros continentes e fizeram a final, como deve ser.

E eu TAMBÉM desconsidero a Copa Rio do Palmeiras. Na época, foi reconhecida como Mundial pela entidade máxima do futebol, assim como esse torneio que vocês venceram em 2000. Mas Mundial mesmo, pra mim, é o campeão da Libertadores contra o campeão da Liga dos Campeões, e é assim desde 1960, mesmo com as alterações que fizeram em 2005 e essa aberração paralela em 2000.

Se o Real Madrid ou o Manchester vencessem esse torneio eu não iria considerar como Mundial do mesmo jeito.

É isso... Abraços

Filipe disse...

Eu duvido completamente dessa sua última afirmação.

Se o time do Japão tivesse ganho o de 2005, sendo convidado, iria ser Campeão Mundial do mesmo jeito.

Assim como o Uruguai em 1930, a França em 98, o CORINTHIANS em 2000. E muitos outros.

O Corinthians ganhou a Taça na BOLA.

E você fica com essa viadagem que a merda da anticorintianada tem, de desmerecer.

O jogo da toyota era um intercontinental (NEM O boca CONSIDERA MUNDIAL, já que você adora citar essa merda de time; NEM O boca!). Não desmereço a toyota, apenas denomino ela pelo termo correto. INTERCONTINENTAL.

Releia o artigo do Ricardo, e compreenda:

O CORINTHIANS É O PRIMEIRO CAMPEÃO DO MUNDO.

E conforme-se, se puder. Senão, continue seu chororô. Isso não vai mudar os fatos:

O CORINTHIANS É O PRIMEIRO CAMPEÃO DO MUNDO.

É DOMINGÃO!!!

Nicola disse...

Nada disso Filipe, em 2005 não tinha time japonês nenhum... Eram os bambis (campeão da Libertadores), o Liverpool (campeão da Liga dos Campeões), um time do Egito, Al-Ahly senão me engano (campeão da Liga dos Campeões da África), o Sydney FC (campeão da Liga dos Campeões da Oceania), Deportivo Saprissa (campeão da Liga dos Campeões da CONCACAF) e o Al-Ittihad, campeão da Liga dos Campeões da AFC (Ásia).

Aí sim, de fato, os campeões de cada continente. Disputado no Japão porque a Taça Intercontinental também era disputada lá, ou seja, de fato houve a junção, substituiu o torneio que a Toyota organizava, bem diferente dessa palhaçada que foi feita em 2000.

E assim seguiu até 2008, agora em 2009 colocaram o torneio em Dubai, mas a fórmula é a mesma, os campeões de cada continente. Antes, eram só da América e da Europa, uma final direta. Que faz sentido, os dois melhores times do mundo no ano, colocaram os outros continentes depois mas deu na mesma...

E vocês nunca foram campeões da América, logo não há como vocês serem campeões do mundo... Se for pra considerar essa aberração de 2000, então beleza, o Palmeiras é campeão do mundo também! Mas é como eu disse, na minha opinião esses torneios não podem ser considerados mundiais, simples.

E mais uma coisa, quando vocês dizem que a impren$a estava desesperada, queria que esse torneio caísse no esquecimento e blá blá blá, é o caralho! PVC, Mauro Betting, todos esses vendidos fizeram campanha pra dizer que o Palmeiras não era campeão do mundo, mas vocês sim (especialmente o primeiro)! E olha que os dois são palmeirenses...

É AMANHÃ!! Estarei lá no Tobogã... Abraços

Obs: Quando vai ser o jogo das barricas?

Filipe disse...

É, porquinho?

Vai ver direito então.

Uma coisa eu sei:
a porcada de merda não esteve em NENHUM MUNDIAL!!!

Chupa, Nicola!!!

Deve estar até agora no tobogã...
E falando mal do CORINTHIANS...

É o que você merecem. Ficar no tobogã falando merda, até as 2 da manhã...

Filipe disse...

"vocês merecem"...

Nicola disse...

Quem não esteve em nenhum foram vocês, nós estivemos em 1999. E perdemos com um gol nosso mal anulado, diga-se de passagem...

E que nada, a PM não segurou a torcida, sai de lá e peguei o metrô rapidinho, hehehe

Fazer o que, o freguês tem sempre razão...

Filipe disse...

Primeiro CAMPEÃO DO MUNDO... chupa, porquinho!!!

Pegou no metrô falando mal do CORINTHIANS... é o que merece...

E essa respostinha pronta? Tá igual os bambi já?

CHUPA porquinho!!!

Filipe disse...

Ah, sim, e perderam com um FRANGO do santinho de presépio...

CHUPA, porquinho...

E chupe bem.