23 maio 2010

Apesar do treinador


E vai ser assim até dezembro: futebolzinho burocrático que cabe muito bem num campeonato burocrático. Para tanto, nada melhor que um técnico que consegue punir um espasmo de bom futebol do
Corinthians, tirando Dentinho depois de um lindo chapéu na lateral do campo. Esse é Mano Menezes, e daqui não sossego enquanto esse lixo estiver comandando o time.

As bizarrices não pararam por aí, aliás. Depois de colocar equivocadamente Defederico no lugar do filho do
Terrão - era para sair Jorge Henrique -, o trovador voltou a investir no seu predileto Tcheco, substituindo Jucilei, o Beckenbauer de Ébano. Não contente, a terceira alteração foi a do inominável por mais um zagueiro. Muito estranho vindo de alguém que se gabava de ter colocado, na primeira rodada, cinco atacantes para arrancar um golzinho chorado contra um timeco com 2 jogadores a menos.

Para quarta-feira, diante da mentira do Pantanal, o
corinthiano deve preparar seu coração. Chuto aqui a provável escalação do escrete alvinegro: Felipe, Moacir, Chicão, William, Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Tcheco, Paulinho, Elias, Boquita; inominável. A adivinhação é baseada na postura de Mano com relação a tudo que o cerca - até nas entrevistas ele fica na retranca e há uma semana prepara desculpas caso ocorra uma derrota ou um empate que nos tiraria os 100% de aproveitamento. O ilustríssimo treinador fala coisas sem sentido ao microfone e não consegue explicar o mais simples: por que raios coloca os 11 em campo para não jogar.

Antes da partida em que os 3 pontos são obrigação, no entanto, é preciso calibrar o fígado e o estômago para o noticiário, já que o assalto promovido pelo chorolado Gaciba contra o
Timão foi transformado pela abutraiada em prejuízo ao florminense. Finalmente, se ainda tinha torcedor que acreditava em certo ex-jogador, depois dessa enfiada de dois pés nas chinelas que houve no último sábado, é mais do que claro que o sujeito não tem mais condições...

10 comentários:

Jeferson Ferreira disse...

Fazer o quê? A maioria ainda quer o cara...

Filipe disse...

Bizarras, de fato, as 'substituições. O assalto já virou contra o frufru, num passe de mágica semi-goebbelsiano. Linkarei! Abraço.

Claudio Yida Jr disse...

Mano, na verdade semi-GLOBOesiano!

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

Ah sim.

Mais nesse momento não temos que nos preocurar com a imprensa.

O Futebol do Corinthians é Sofrível.

Mano é discípulo de Muricy.

E eu não quero um Corinthians jogando como timinho.

Mano Cusão! Pede Demissão!

Saudade de 98,99,2000,2002,2005,2009!

Abraço!

Charlinho disse...

po mano so tem volante nessa escalação e não duvido que ele a use.E tem gente achando que esta bom e que não ha motivos para criticar.A moça do blog da grobo precisa assistir aos jogos de outro angulo,porque essa foi demais.

Guido disse...

Concordo com as críticas sobre o Mano, mas temos que ser realista, quem viria para o lugar dele? Acho que temos que criticá-lo mesmo, pois a calmaria com que ele estava lidando até agora tenha o feito relaxar e fazer o que quiser no comando do time, insistiu, por exemplo, com o Danilo que jogou apenas um jogo bem, o resto foi bizarro. Temos que torcer também para que o time se acerte, por que com 3 atacantes, mas 3 volantes, com JH jogando bem meia boca o time não está redendo. Precisamos de um meia que crie mais, tomará que Bruno Cesar seja esse meia. Ou Defederico desencante de uma vez..

Claudio Yida Jr disse...

Não sei se a pergunta a se fazer, pelo menos no atual estágio, seja "quem viria?", mas sim "por que ainda está?"... É muito claro que o nó que segura todo o time está no banco de reservas.

Com essa postura cada vez mais defensiva, nem Luizinho, Baltazar, Carbone e Cláudio fariam gols...

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

Véio quando alguém diz, mais se o Mano sair vai por quem? isso me deixa puto.

CORINTHIANS! PORRA!

Até o Oswaldinho foi Campeão no Corinthians! Campeão Mundial!

é só não atrapalhar, o time é bom e a Camisa tem tradição!

tá cheio de refém do Mano por aí!

Guido disse...

Bruno, por isso eu digo.. o problema não é SÓ o técnico e sim a postura do time, mas sei que é responsabilidade dele mudar isso também... Por exemplo, esse mesmo time que vc disse que foi campeão Mundial com o Oswaldinho.. Cara, só tinha craque, nem o Dunga iria conseguir fazer esse time jogar retrancado. Com aquele time não precisava de técnico mesmo, era uma máquina... O Parreira todo mundo achava retranqueiro, mas o time jogou muito, porque os jogadores faziam a diferença, ele saiu (por opção própria) chegou o Geninho e acabou com o time, mas não por ser retranqueiro, mas por ser muito incopetente mesmo..
Por isso eu digo.. não é só o técnico. Sei que 3 volantes é foda, trocar zagueiro por atacante, etc, mas repito quem viria pro lugar dele? Não venha com Zago, Pericles, Silas e o caralho.. depois de 3 jogos estarão pedindo pra trocar de novo.. E 2006/2007 veio 350 técnicos, cada um mais renomado que o outro, com multas rescisórias que o Corinthians paga até hoje... Por isso temos que cobrar mais ofensividade dele sim, mas trocar acho que ainda não é a hora.. Minha opinião, só isso, não fiquem puto..

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

Po cara, não concordo não que o time de 2000 só tinha craques..

Craques do meio pra frente, Vampeta, Rincon, Ricardinho, Marcelinho, Edilson e Luisão.

Por exemplo o que tinhamos no banco? O Reserva do Luisão era o Fernando Baiano, que não é Craque.

A zaga era boa, mais as laterais não. Não tinhamos só craques.

Tinham alguns craques.

Mais esse time aí atual não é ruim não cara, Felipe, Alessandro, Chicão, Willian, Roberto Carlos, Ralf, Elias, Defederico, Jorge Henrique, Ronaldo, Dentinho.

É ruim esse time? Com Danilo, Tcheco, Iarley, Jucilei, Moacir, Boquita, Paulo André, Dodo, Bruno César, Paulinho, no banco?

Não é ruim o time, só que 3 volantes nos tiraram da libertadores, não funciona.

4-4-2.

Felipe, Alessandro, Chicão, Willian e Roberto Carlos, Ralf, Elias, Defederico, Bruno César, Dente e Ronaldo.

Po, to vendo tudo, Mano Menezes vai queimar o Bruno César, igual fez com o Edno, o cara não jogou nunca um jogo inteiro, diferente do Souza que teve 300 oportunidades.

Vai ver a diferença é o empresário.

Queria o Adilson Batista ou o Dorival Jr.