01 agosto 2008

E quando se é o time mais rico...


... a negada vem pra cima e quer dinheiro.

- E o tal William, cujo pai foi aos leonores implorar a volta ao Brasil, agora quer voltar ao Corinthians? Por que saiu, então? Por que não esperou mais um ano? Se dependesse de mim, mofava no leste europeu...

- Alves, Bebeto... Isso lá é contratação que se apresente? Ao menos, o moleque Cássio subiu para o profissional. Tem um grande futuro, se deixar para pensar em Europa daqui dois anos.

- E o pé-murcho joga de novo? Tá cada vez mais difícil deixar o Mano imune...

-----------------------------------

E ontem passou batido, então faço a homenagem hoje:

20 anos do título de 1988! O primeiro que eu me lembro de detalhes, vendo debaixo da mesa da copa, numa tevezinha Telefunken 14". Quando o Viola meteu aquela bola torta pra dentro do gol, pela primeira vez eu tive noção do que era ser, de fato, corinthiano. O sofrimento e a glória. O grito de CAMPEÃO!

Um comentário:

Filipe disse...

-Passou batido mesmo... Vinte anos...
a gente é velho?

-William é lu cazzu. E o que tira Mano de imunidade precisa ser vendido... Vende todo mundo, aliás... se conseguir, ha, ha, ha. caspite.

-Deveríamos ter aproveitado pra fazer um time com juniores...
Pra ficar, na média dos jogadores, uns cinco anos jogando juntos...
E valeu pelas caronas, meu caro Porta-Voz.
Abraço.