18 dezembro 2008

Hora da Patrulha


Não demorou nem janeiro chegar... Aliás, estava com saudade da Hora da Patrulha. Vamos aos fatos.

Quem não se lembra daquela propaganda bonita do Kassab, com as crianças todas SORRINDO pelas escolas e tendo aulas com professoras felizes com seu salário justo? Pena que isso jamais correspondeu à realidade. Lembro que ele foi até proibido de fazer propaganda gratuita para o Leite Ninho, um dos chamarizes de sua campanha eleitoral.

Era, de fato, uma belíssima cena aquela do molequinho bebendo seu leite e dizendo "saúde, Kassab" para a câmera. O que eu queria agora era ir na casa desse pentelho e ver se o leite está no armário. Isso porque, passadas as eleições, a prefeitura reduziu o número de latas de leite distribuídas pela rede de ensino. Pudera, devem ter gastado tudo de julho a outubro.

Já em novembro, as escolas municipais receberam menos leite do que sua quantidade de alunos. Dessa forma, novembro e dezembro passou em branco pra muita gente, e não é o branco do leite.

Sorria, São Paulo!

5 comentários:

Guzz disse...

Como não achei seu email, mando por aqui mesmo, mais munição pra hora da patrulha.

http://vereadorjoaoantonio.blogspot.com/

Uma hora essa palhaçada tem que acabar. E vai acabar...

Abraço

Gustavo A. Reis

Filipe disse...

Mano, estou perdendo fígado.
E com a saúde a gente nuncaçabe.

Imagine só. Parque do Engenho 795-P lotado, 16h.
Ponto da Faria Lima com a Rebouças.
Gente espremida sendo empurrada. Discussão generalizada.
Cobrador: "passinho a frente, pessoal".
Passinho à frente minha rola, filhadaputa; Vai tomar no teu cu, safado; e por aí vai.

Eu começo a cantar:
"SORRIA MEU BEM, SORRIA..."

Sabe o que? O povo sorriu.
Achou graça.
Não sei se entendeu.
Não sei se não fui claro.
Não fui, né?

Claudio Yida Jr disse...

Gustavo: seja bem-vindo! Pois é, eu já tinha lido uns textos do blogue do vereador. Tem material ali pra mais de metro, valeu pela lembrança. Abraço!

Filipe: bons tempos de Pq do Engenho, quem já pegou essa linha sabe como se sente uma sardinha na lata. E o povo não deve ter entendido hahahahahaha...

Fernando Cesarotti disse...

Tem horas em que a sutileza não resolve... Tinha que ser bem claro: "Aí, quem mandou votar no Kassab, bando de trouxa".

Claro, o "bando de trouxa" poderia ser dispensado...

proeva disse...

gracias