16 novembro 2009

Curtas da semana curta


- O Corinthians foi novamente roubado no domingo. Mesmo no ritmo de casados e solteiros, o Corinthians anda sendo sistematicamente roubado nesse Brasileirão. Só isso eu tenho a dizer sobre outro péssimo jogo do modorrento campeonato de pontos corridos. Ao mesmo tempo, sábado tivemos um outro gol impedido contra um time minúsculo e ninguém tocou no assunto.

- Ainda sobre Corinthians, é consenso entre alguns poucos "loucos, radicais, retrógrados e inconseqüentes" (é assim que somos definidos pelos fãs da máfia juquinha) que o clima para o Centenário do ano que vem será de guerra. Seremos perseguidos, roubados e sempre contestados. Falarei sobre isso mais adiante, mas por enquanto fiquemos com a carta-base da resistência, escrita obviamente pelo Filipe.

- 18 anos depois, a Falha, naquela cara-de-pau característica, diz que FHC reconheceu seu filho fora do casamento e, num passe de mágica, transformou uma canalhice num ato heróico. Vale lembrar que o caso, mais conhecido em Brasília que telefone de puteiro, foi denunciado há quase dez anos pela Caros Amigos e ninguém repercutiu. Engraçado, hein?

- E sobre mais um desastre nas obras do governo de SP com a queda das vigas do Rouboanel, ninguém vai falar?

- Até um anão de jardim ameaça o ínfimo de dois CPFs. Santa credibilidade, Batman.

- Passei a moderar os comentários. Fakes e trollas babacas andam infestando isso aqui. Viva a liberdade de expressão!

6 comentários:

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

No meu ultimo post recusei 5 comentários fakes, tá foda, os abutres estão ouriçados Claudião!

Fomos assaltados, de novo, virou rotina.

E ainda ontem eu conversava com meu Pai a respeito das obras tucanas, lembrei a ele o buraco do metro.

é .. haha, viva a liberdade de expressão!

Corinthiano disse...

Bom dia, Claudio!
Destaques para: Ritmo de casados e solteiros e Roubanel... kkk
E mais, esse papo que mandaremos OUTRO jogo fora da capital? Que beleza!
Espero ao menos que o time represente o que siginifica essa camisa e atropele nos 3 proximos jogos.

Abraços

Clayton

Claudio Yida Jr disse...

Amigos, lembro ainda qual foi o modelo de camisa que entramos em campo.

Pra mim, faz toda uma diferença.

Corinthiano disse...

hummm
Bem lembrado! Então td bem era a Inter de Milão...
Detalhe: Um amigo comprou essa camisa ridicula e veio com papinhos q é "da hora", receitas e blá blá blá que a camisa era bonita, parecia a da Internazionale, daí peguntei: Mas nossa alvinegra não é mais bonita? Silêncio... detalhe... dias antes ele vomitou que prefere perder as partidas contra mengo e galo ao ver o spfw campeão...

walter disse...

o povo se deixa levar pela dita abutraiada, que, no futebol so faz imitar o que é na vida: tendenciosa, maniqueísta e safada.

Não consigo ver diferença no modus operandi quando eles tratam de gols impedidos ou pontes que caem. Quando se trata de administração moderna e estrutura de primeiro mundo eu vejo relações explícitas com o famigerado choque de gestão, com o empreendedorismo tucano.

Estamos fudidos...

Filipe disse...

Esse jogo foi o top 3 dos piores do ano.
O Coringão era o time dos casados depois do churrasco.

E, sim: a culpa é da camisa do filho da puta do roxemberg.

O Walter identifica o cerne da questão. E eu só acrescento que a tucanocracia é pouco sem os DEMoníacos da arena e da oban.
Aliás, quer corja mais malufista que a bambizada? Impossível.

O puteiro é igual a mina da Uniban.
O diário de puteiro, jornal "popular" do Cuércia, estampa neste fim de semana "entre na moda com geisy".
A abutraiada tá com ela! É o puteiro encarnado, uma oportunista da "modernidade".
À merda.

VIVA O CORINTHIANS!!!