11 fevereiro 2010

Tá chegando a hora


Semana pré-carnaval é sempre um sofrimento, principalmente para quem vive nesta cidade. Ao contrário do Brasil inteiro, o paulistano, como é de praxe, insiste em combater o espírito do troço e prefere se enfurnar num escritório. Esperar a folia de Momo em São Paulo, portanto, é uma agonia que fica maior ainda se você está de malas prontas para a doutora Cidade Maravilhosa.

Ainda que o prefeito de lá esteja fazendo uma campanha de higienização social como o daqui, é preciso muito, mas muito esforço, para acabar com a beleza do Rio de Janeiro e seus blocos durante os 4 dias (oficializados, ao menos) de farra. Aproveitando o ensejo, prometo a todos que mijarei com prazer nos sapatos Prada do alcaide carioca, caso o encontre por lá. Serei preso com prazer por conta disso...

Ao lado da minha Evinha, que ainda vai para lá com certo receio - muito menor atualmente, vale dizer, graças à minha insistência doentia -, estaremos junto de inúmeros amigos celebrando exatamente isso: as pessoas, a festa popular.

Que a alma do Carnaval tome conta de todos vocês, porque temos o direito de esquecer todas as injustiças e as dores de cabeça que tomam conta do nosso cotidiano durante o resto do ano. Até quarta-feira, recesso no blogue. Fiquem com a marchinha que eu considero a mais bela de todas. "Máscara Negra", de Zé Kéti:


5 comentários:

Corinthiano disse...

Boa viagem!

Uma pena que alguns idiotas conseguem marcar uma rodada de futebol no caranaval, como tb vou viajar tenho até receio de não encontrar uma TV com o jogo do Timão.

Abraços

Clayton

evao do caminhao disse...

agora mais do que nunca vou usar fralda geriátrica

kkkkkkkkkkkkkkk

e a merda maior é trabalhar essa semana E na 4ª feira de cinzas

isso sim é digno de prisão

ah, e não é receio, eu só acho q me sinto mais feliz em outros lugares

evao do caminhao disse...

ah, hj a porto da pedra saiu na falha

Claudio Yida Jr disse...

Foi só uma provocaçãozinha. Eu sei que você, lá no fundo, ama o Rio hohohohoho...

Filipe disse...

Ah, a Cidade Maravilhosa...

Lembrar sempre da charge do Ziraldo, da capa do JB do dia 5 de dezembro de 1976, quando já estiver vislumbrando aqueles braços abertos; moleque a jantar de babador, gritando "MANHÊ! Caiu um Corinthiano na minha sopa!"...

Até a Cidade Maravilhosa é Corinthians.

Boa viagem procêis!