01 fevereiro 2010

Uma bela ressaca


Agora já mais calmo, volto a escrever sobre o clássico de domingo para dar meus pitacos. Alguns amigos cornetearam nos comentários do último post e pediram para que eu me manifestasse sobre o Felipe. Sendo assim, começo com a sapatada: depois de entregar 3 jogos, ele não fez mais que a obrigação. Aliás, dizíamos aqui na sexta-feira passada que a Fiel queria mais do que raça e sangue. Queríamos a vitória, e isso incluía não cometer erros grosseiros.

Dito isso, vamos ao que achei importante. A publicação da imagem do novo bandeirão no post-bebedeira de ontem não foi por acaso. A abertura do pano resumiu o que foi o jogo: alguns problemas durante o processo e, no final, a redenção. Ouso dizer que o Corinthians ganhou a partida ali, exibindo o imponente pendão aos rivais para deixar claro que estávamos na nossa casa, e é importante lembrar minhas palavras de novembro de 2009, quando afirmei que o Coringão não ganharia o clássico
enquanto houvesse Prudente/MS.

Dentro de campo, além de São Jorge Henrique, destaco as atuações de Danilo, William e Ralf. Fora de campo, a Fiel jogou com o time e mostrou aos atletas que o derby não é uma mera partida. Das negatividades, vi o promotorzinho safado que atende pelo nome de Paulo Castilho fazendo campanha eleitoral com PMs, equipe médica e alguns "torcedores" incautos, além de rezar por um quebra-pau que não aconteceu. Para finalizar, e ainda falando em torcida e negatividades, reproduzo o e-mail que acabo de enviar ao Fiel Torcedor, que enfiou um monte de gente lá no Setor Família e deixou as arquibancadas vazias.

"Olá, bom dia!

Gostaria de manifestar meu desapontamento - para não dizer indignação - com o tratamento dado aos associados do Fiel Torcedor no jogo do último domingo, 31 de janeiro de 2010. Apesar de alguns problemas pontuais, nunca tinha me sentido prejudicado pelo programa, e olha que fiz minha adesão em maio de 2008.

No entanto, estou desde ontem tentando entender o motivo pelo qual a administração do clube e do FT jogou os membros do plano Minha Vida no Setor Família, uma zona morta do estádio, sendo que a Arquibancada Verde estava vazia. Seria uma tentativa de estimular o confronto com a torcida adversária? Seria um "prêmio" para aqueles que, desde a fatídica segunda divisão, vêm acompanhando o Corinthians jogo a jogo?

Como diz o próprio presidente do clube e seu diretor de futebol, se o esquema é o business, cumpram sua parte e façam valer o fio condutor do Fiel Torcedor, que é a valorização do corinthiano assíduo em detrimento aos aproveitadores de ocasião. Vibrei com o esquema adotado para a venda de ingressos para a Libertadores, assim como apóio totalmente a reserva de ingressos para jogos decisivos que são realizados fora de casa. Mas quando há equívocos, também é necessário relatar. Tudo em prol do Corinthians.

Esse e-mail será republicado em meu blog, http://chutaquiehmacumba.blogspot.com , e me comprometo a inserir a resposta por lá assim que recebê-la de vocês, na íntegra e sem edições.

Obrigado e abraços."

Como está dito, assim que me enviarem a resposta eu publico aqui.

No mais, APROVEITE A RESSACA, FIEL!

13 comentários:

Corinthiano disse...

Claudio,
Não quis cornetar seus comentários, acho até que vc tem razão em criticar o goleiro, inclusive ele vinha merecendo mesmo. E ontem ele fez que é obrigação que deveria ser em todos os jogos, eu só acho que ele vai evoluir e confio nele.

Abraços e que ressaca!!!

Claudio Yida Jr disse...

Tô ligado, só quis te provocar hehe...

Corinthiano disse...

Ah eu não acredito, roxo de novo!
Vai merda roxemberg filho da puta!

Filipe disse...

Mano, nem comemorar uma vitória sobre o arqui-rival essa diretoria de merda deixa!!!

Dia seguinte já vem com essa palhaçada.

Tenebrosa essa camisa. Medonha. Bisonha. A cara do roxemberg...

No mais, o bizinisse dessa diretoria está bem tipificado no teu email.

PS: Tem uma notinha na trolha dizendo que o castilho vai entrar com um processo em cima da juju se ela não fizer o jogo contra o san7x1os no Pacaembu, e não na arena barueri.
É promessa de campanha?
Voto em você, castilho... HAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHAUA

CHUPA, anticorintianada de MERDA!!!

Álvaro disse...

Saiu o footstats e adivinha quem foi o líder em desarmes: Danilo!

Claudio Yida Jr disse...

Pois é, manos... Lamentável essa nova camisa. Aliás, camisa o cazzo, isso daí é um aborto do Roxemberg.

Mas pior que lançar essa merda é quem a compra.

E Álvaro, o Danilo foi, depois do Jorge Henrique, o mais empenhado em campo. Que venha o próximo jogo para que ele comece a pegar ritmo. Ao que parece, ele já entendeu o que é Corinthians.

Pra finalizar, a pergunta: por que raios o Mano não coloca o argentininho pra jogar? Tão querendo vender o Dentinho?

Matheus Antunes disse...

Salve, Claudio!
Sempre acompanho seu blog, concordo com muito do que leio, me identifico bastante e logicamente discordo de um tanto também. Já tinha tentado comentar outras vezes, mas tem uma burocraciazinha cibernética básica pra superar, que só agora minha limitação/preguiça/ingenuidade/má vontade crônica deu/deram conta.
Pra quem acredita, teve uma coincidência no jogo de ontem. Em 94 (salvo engano), os Gaviões inauguraram um bandeirão no Mobumbiba contra o próprio parmera. Eu estava lá. A torcida deles tinha uma bandeira enorme e não sabia da dos Gaviões. Eles abriram a deles, os Gaviões em resposta abriram aquela quadrada, tradicional e muito bonita, com uma corrente em volta e a cabeça de um gavião na frente do símbolo. Em tamanho, era um terço da dos porcu. A reação deles foi gritar: "LENCINHO! LENCINHO!". Morderam a isca lindamente. E aí, aconteceu: foi levantada a bandeira com o gavião fazendo um gesto pedindo silêncio, aquela que depois recebeu a inscrição LEALDADE HUMILDADE PROCEDIMENTO e que também esteve em vários outros estádios, incluindo a final do Mundial em 2000. Até a Fiel se calou com o bandeirão, foi fodidamente fodástico. A arquibancada pegou fogo e o resultado foi também 1 X 0 pra nós, e a bola mal entrou... Lembra disso?
Abraço
Matheus Antunes

Bráulio Almeida disse...

Esse jogo foi perfeito para que os recém chegados compreendam o que será esse ano do centenário.

Me deu gosto ver a raça e a vontade dos contratados.

Será que continuarão a publicar aquelas merdas dizendo que o time é somente de velhos? Será que a correria de ontem foi suficiente ou precisam de mais pra calarem a boca?

Melhor começo de ano, impossível!

Claudio Yida Jr disse...

Matheus, lembro sim! Acho até que estava nesse jogo e, caralho, já faz tempo! Outra ocasião memorável foi quando os verdes viviam quebrando o pau entre eles e todas as torcidas corinthianas fizeram como ontem, abrindo diversos bandeirões um seguido do outro. Em seguida, o grito foi: "se mata, cuzão! Aqui é tudo irmão!"

Bráulio, bela lembrança do "time de velhos" que correu como maratonistas quenianos.

evao do caminhao disse...

será q aquela sua lógica dos clássicos será invertida esse ano?

hihihi

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

Puta que Pariu Claudio é incrível velho, você antecipa minhas visões, ontem durante todo o segundo tempo eu dizia: "Porra, porque esse Argentino não joga? Será que o Mano tem algum problema com o Cara?"

E quanto Alguém dizia "O Felipe ta catando tudo" Eu retrucava o Cara ganha 200 mil por mês tem que cata tudo mesmo é a obrigação dele, o que ele não pode é levar aqueles frangos dos jogos passados.

Agora essa camisa roxa aí é pior que as anteriores.

Um Abraço!
VAI CORINTHIANS!

DANILO ESTÁ CALANDO MINHA BOCA, ATÉ O MOMENTO JUNTO COM O RALF É O MELHOR REFORÇO.

Filipe disse...

Evinha, se me permite, diria que não há inversão. Ganhamos o clássico. Só há um clássico nessa cidade.
Pois joguinho contra a madame não é clássico, é SURRA.
Compreende?

Ô Ô Ô
VAI PRA CIMA DELAS TIMÃO!!!

Álvaro disse...

Filipe sempre lembrando umas verdades!