11 setembro 2009

E assim ficamos


Há cerca de um mês e meio, quando saíram do Corinthians André Santos, Cristian e Douglas, o senso comum embarcou na onda da imprensa abutre e decretou o "desmanche" no Parque São Jorge. Como sou bastante neurótico com relação a tudo que sai nessas merdas de jornais e sites - e lembrando que, fossem no jd. leonor, as vendas seriam fruto do modelo de administração -, disse neste blogue que aguardaria o fim da janela de negociações para dar minha opinião sobre o elenco que provavelmente disputará a Libertadores no Ano do Centenário.

Falemos, em primeiro lugar, dos que saíram. Dentre os supracitados, o que mais faria falta, aparentemente, seria Cristian. Volante brigador e de gols decisivos, o guerreiro também ficou marcado pela rápida identificação com a torcida e pela ojeriza aos bambis, homenageados na semifinal do Paulistão. Porém, do ponto de vista tático, e aqui corro o risco de escrever asneira segundo o entendimento de alguns, a peça de mais difícil reposição foi Douglas. Apesar de sonolento algumas vezes, nosso antigo 10 mostrou grande utilidade nas partidas cruciais (jogo contra o Ceará em 2008, jogo contra os porco na 1ª fase do Paulista, abrindo o placar no 2º jogo contra os bambis na semifinal e destacando-se na 1ª final da Copa do Brasil). Já André Santos, mesmo sendo o responsável pelos tentos dos dois títulos nesta temporada, me causava certa antipatia pessoal, além de ser muito omisso e prepotente na marcação, características fatais para um lateral. Por tudo isso, caguei e andei para sua saída.

Agora, com a vinda do tal Edno, parece-me que o Coringão fechou definitivamente o plantel e bastará a chegada de um meia armador em janeiro (dizem Danilo) para termos um time deveras competitivo no torneio sul-americano e em busca do bi no estadual. A charada que Mano Menezes deve resolver no momento é o encaixe das peças. Marcelo Mattos, naturalmente, será o mesmo cão de guarda em frente à área que Cristian, deixando Elias mais solto. No lugar de Douglas, não vislumbro nem o reforço lusitano muito menos o argentino, mas sim Edu. A briga acontecerá na frente. Gordo em campo, teremos Dentinho, Jorge Henrique, Defederico, Edno e os lixos Morais, Bill, Henrique e o inominável disputando duas vagas.

Independentemente dessa briga, o balanço é positivo a meu ver. Temos um elenco mais equilibrado e com peças de reposição de maior qualidade, até mesmo na zaga. Aliás, desde a tragédia de 2007, a reformulação do time veio nessa toada de melhoria constante. Peguem todos os principais clubes do Brasil e comparem jogador por jogador. Ouso dizer que, finalmente, conseguimos montar um grupo que, se resolver jogar bola, pode apresentar o mesmo futebol daqueles timaços de 98 a 2000.

Para infelicidade geral da bancada anticorinthiana, chegamos no Centenário mais fortes do que nunca. O aviso a gente deu logo após o 25 de outubro do ano passado: tentaram nos derrubar, tentaram humilhar toda uma nação, foram incompetentes para isso e a gente voltou. Voltamos para mostrar que o Corinthians não é qualquer um. Pode abutre morder cotovelo, pseudo-jornalista e sua máfia torcer contra e espernear, o roxo manchar nossas tradições. Nada disso destrói o corinthianismo restaurado e fortificado, peça essencial deste ciclo que em 1º de setembro de 2010 atingirá uma marca histórica.

VAI CORINTHIANS!

9 comentários:

walter disse...

eu vejo o defederico entrando no meio mesmo, na minha visão, nem dentinho nem jorge deveriam sair do time.....então, na minha visão, acho q a briga vai ser entre edu e defederico no meio.

Ao time do Corinthans hoje, penso que o que falta mesmo é o camisa 6, pra mim a queda da criação dos ultimos tempos tem a ver também com a ausencia de um lateral de verdade.

quando as opções aparecem de forma correta no campo, um cara com bom passe, como edu, resolve a situação.

mas isso é somente minha opinião...

Claudio Yida Jr disse...

Pois é, tem essa alternativa também. Mas não sei se o cara teria o mesmo compromisso de marcação que o esquema de Mano exige.

Quanto ao lateral, também concordo, mas ainda acredito na recuperação do Marcelo Oliveira. Obviamente, será a última chance dele.

Poliglota disse...

Ainda acho que o Riquelme pode vir e assumir a 10 do time do povo. O futebol argentino já tá em concordata e o único país que saiu da crise mundial que afetou o futebol é o Brasil.

Timão 2010 mundial e centenário FTW

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

Seguinte Claudião..

Agora ficou treze armar o time, nosso elenco é o melhor do Brasil, quiçá da América Latina..

Não temos um Lateral Esquerdo, não sei até que ponto vale lançar o Marcelo Oliveira ali, ele joga muito mais de volante, mais acho que vai ser ele mesmo..

Acho que o Mano vai escalar Felipe, Alessandro, Chicão e Willian, Marcelo Oliveira, Marcelo Mattos, Elias, Defederico, Jorge, Dente, Ronaldo.

Daí teremos no banco, Edno, Boquita, Jucilei, Balbuena, Edu, Marcinho e etc..

Mais se eu fosse o técnico .. escalaria..

Felipe, Alessandro, Chicão, Willian, Marcelo Oliveira(Balbuena), Marcelo Mattos, Elias, Edu, Edno (Defederico), Defederico (Jorge, Dente) Ronaldo.

Mais como eu não sou técnico e o Mano manja bem mais do que eu.. vamos ver.. tipo ano passado o Morais era titular absoluto jogando de atacante.. esse ano ele foi pro banco porque o Jorge é melhor que ele, como nosso Comandante tem essa postura é bacana que vai jogar quem estiver melhor, mais acho que dificilmente a equipe manterá o 4-3-3 deve jogar num 442 ou num 352, no 3-52 o time ficaria assim pra mim:

Felipe

Balbuena, Chicão, Willian

Marcelo Mattos

Jorge, Elias, Edu, Edno

Defederico(Dente) e Ronaldo

o Edno já fez a função de lateral esquerdo, acho que de ala ele se sairia bem também, fato é que é bom jogador, Meia, Atacante, e Lateral..

Abraço
VAI CORINTHIANS!

Filipe disse...

Minha impressão dos que saíram foi essa também. E no fim, acho que a lateral esquerda foi a posição mais prejudicada, de difícil reposição.
Agora acho que deveríamos jogar com dois zagueiros, dois alas, dois volantes, dois meias e dois atacantes. O plantel atual é equilibradíssimo.
Felipe; Chicão e Willian; Marcelo Matos, Elias, Edu e Matias; Jorge, Dente, Gordo e Edno. Com Jorge e Edno recebendo as setas das alas, como no pleistêichon. Aliás, faria isso só no joguinho. Mas se pá até funcionaria na realidade. É o 2422. Com o Gordo bem e determinado, arrisco dizer que qualquer coisa pode funcionar.
O Marcelo Oliveira volta quando? Quando ele voltar, dá pra jogar com laterais de novo, com Alessandro, saindo o Edno e o Matias.
Tem tanto auê em cima do argentino, aliás, que já começou a encher o saco.
Nunca vi publicarem tanta foto do cara criança, na escolinha, na praia, com a madrecita maloquerassa Corinthiana, com a hermana boluda, fazendo marra, com cara de pastel, plantando bananeira, empinando pipa, puta que pariu. E O CARA AINDA NEM JOGOU, presta atenção.

E tem que fazer a rapa nesse elenco, tem craca pra tirar nisso aí.

No mais, TREMEI anticorintianada de merda.

Belo post, Porta-Voz!
"Voltamos para mostrar que o Corinthians não é qualquer um. Pode abutre morder cotovelo, pseudo-jornalista e sua máfia torcer contra e espernear, o roxo manchar nossas tradições. Nada disso destrói o corinthianismo restaurado e fortificado, peça essencial deste ciclo que em 1º de setembro de 2010 atingirá uma marca histórica."

VAI CORINTHIANS!!!

Mônikita disse...

Eu concordo que estamos formando um time forte...
Só que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa...
Ou seja o CORINTHIANS é o CORINTHIANS e as atitudes da diretória são atitudes da diretória.
Isso NÃO justifica atitude da diretória.
Primeiro pela palavras dada logo após a conquista do titulo.
Segundo pelas contas entre essas vendas e as contratações...
E terceiro o entrosamento... que é um fator importante.

Mas despois de todo o episodio acontecido o minimo era msm ele repor, até pq como vc msm disse o ciclo do centenário começa agora a Conquista da Copa do Brasil foi o primeiro passo... para um ano onde disputaremos varios campeonatos importantes.

E justamente por o CORINTHIANS ser grande é que tem que ser bem ADMINISTRADO e levando em cosideração que O TIME É DA FIEL.

100 ANOS DESSA SIMBIOSE FATO!

VAI CORINTHIANS!

bloguedotimao disse...

Você não falou "asneira do ponto de vista tático". O mais difícil será sempre substituir o Douglas, pois essa é a posição mais difícil de se jogar. Então, o mercado não oferece muitas opções. Pouquíssimos torcedores são capazes de perceber isso, a maioria acha que o cara dorme em campo. Foi assim com Riquelme, "Alexotan" - que quebraria um galho no Timão, né?

E reforço o que escreveu o Filipe: falta ao menos 1 lateral esquerdo.

Depois, ainda faltará um plantel reserva, pois é ano de Copa, teremos 2 campeonatos simultâneos e a gente já viu esse filme antes: quando o Mano precisou do reservas, eles bateram cabeça.

Será que teremos bala na agulha para um plantel reserva?

Charlinho disse...

inonimavel???essa foi foda japa..kakakaka....concordo: se analisarmos bem as contratações que vieram e com um bom entrosamento,estamos novamente com um time forte,mas ainda precisamos de um atacante bom,porque os refugos que estão la,nao da e espero que a diretoria pense,mas pense com carinho sobre a contratação de moraes,porque pagar um valor para mim abusivel por esse lixo não da.

VAI CORINTHIANS

PRETO E BRANCO SEMPRE

Arthur Tirone disse...

O único que NÃO PODE sair do onze principal é o Jorge Henrique.