21 setembro 2009

O reflexo


Não se ouviu no Pacaembu nenhuma saudação ao guerreiro Idário que fosse compatível ao tamanho dessa estrela que se foi na última semana. Ao mesmo tempo, gritos histéricos tomaram conta de todos os setores quando o Gordo apareceu no telão. É a famosa gordura que o Filipe muito bem batizou e que faz um mal danado. A tabela tinha sido a mais favorável possível e a vitória sobre a mentira verde do Planalto seria o primeiro passo na busca definitiva pela taça. Porém...

A partida deste domingo serviu para mostrar que cliente não faz o time ganhar. E, da mesma forma, a partir do momento em que você quer que futebol seja business e que o torcedor é um mero consumidor, abre-se espaço para aproveitadores processarem o Corinthians para receber uma graninha. A pergunta que cabe aqui, corinthianos, é uma só: sob qualquer circunstância, VOCÊ PROCESSARIA O CORINTHIANS?

Sobre a bisonha apresentação, nada a declarar, a não ser a insistência no erro por parte do técnico. A opção por 4 laterais em campo já tinha se mostrado equivocada no jogo da quarta-feira, mas ela novamente apareceu. Culpar Diego pelas 3 cagadas consecutivas seria muita irresponsabilidade. Culpem quem o colocou numa posição indevida e que o deixou perdidinho em campo, sabedor que é o planeta Terra da limitação técnica do zagueiro. O moleque serve para uma coisa apenas, e por isso se destacou: dar bicuda para frente.

Conforme dito antes, era preciso tomar cuidado para que a torcida não acompanhasse a diretoria com relação à morte de mais um ídolo corinthiano. O que se viu foi o oposto, e é tenebroso vislumbrar um futuro melhor com tanta gente ignorando a tradição e valorizando o futebol-negócio.

Domingo é obrigação! E dia 31 de outubro também!

7 comentários:

Filipe disse...

A VIDA PELO CORINTHIANS É O MÍNIMO QUE OFEREÇO.

Mas pra oportunista, a própria alma tem valor de troca.

O moleque merece toda escarrada na cara que solenemente irá receber, quando estiver no Pacaembu.

Isso se já não fugiu, com a ajuda do juquinha...

Eis uma das faces do mal que o juquinha proporciona nas cabeças fracas dessa geração de merda.

Bruno Ferraz (sOUL) disse...

ah mano, nervoso.. tipo de ressaca, quando perde o Corinthians fico tão insatisfeito com a vida que nem vontade de sair de casa pra trabalhar eu tenho.

Tomar no Cú esse Gaúcho, na quarta era professor pardal, agora já ta mais pra professor aloprado, sem nexo essa escalação.

Culpa do vexatório placar dentro de nossa própria casa, quando o time deveria representar em campo o Deus da Raça, mais não.. não.. tomar no cú Mano Menezes, lateral é lateral, zagueiro é zagueiro e volante é volante, se foder velho!

E o carinha que quer processar o Corinthians, manda ele tomar no cú, tinha que descolar o nome desse corno, no próximo jogo no paca, manda salve bem grande pra ele.

abraço Claudião.

Segunda-feira cinza pacarai...

Mônikita disse...

Nossa a atitude desse torcedor é no minimo LAMENTAVEL.

E ontem ... a vdd é que o Mano inventou tanto mas tanto que não soube desinventar depois...

Domingo É OBRIGAÇÃO MSM FATO!

VAI CORINTHIANS!

Mônikita disse...

Do idário achei vergonhoso a desatenção da diretória.
Vamos combinar que uma faixa é esmola.

Aff...

Guilherme disse...

Estou alertando sobre nosso pseudo-treinador há tempos , após uma derrota emblemática dessas fica fácil....Se ela não viesse , nenhuma virgula seria escrita em oposição ao GAúcho cuzão.

Ele vem tendo comportamento raso e medroso desde o Paulista de 2008 e a Copa do Brasil do mesmo ano.

Foi encoberto nesse ano porque tínhamos o melhor 11 titulares do País , principalmente com um monstro chamado Douglas ....

Agora com um time menos qualificado ele se mostra igual a 2008 e se mostra verdadeiramente o que é ..Um treinador de série B , com um detalhe que para os ignorantes faz toda a diferença....UMA BELA ORATÓRIA....
Mas para os que realmente endendem desse esporte bretão , ele nunca nos enganou....

Álvaro disse...

1) Eu, sinceramente, não entendi, houve minuto de silêncio?

Como uso prótese auditiva, às vezes, me escapa o serviço de auto-falantes. Houve chamada para o minuto de silêncio?

A impressão que eu tive foi de alguns segundos (sem) de silêncio.


2) Sobre o pobre rapaz, tenho pena. A resposta que o Juquinha colocou no blogue é triste. Dá dó.

Um rapaz tão jovem, se levou pela mentalidade dessa elite imbecil de Sampa: que é um otário por não estar levando algum dinheiro. Se todo mundo leva, por que ele não?

Tem coisa mais "I love maluf" que isso?

Será que o Juquinha vai defender essa bizarrice?

Filipe disse...

O juquinha deu todo respaldo, inclusive "ideológico".