03 fevereiro 2009

O problema é o "torcedor"


Longe de mim querer defender os preços absurdos praticados pela diretoria do Corinthians nesse 2009. Com a desculpa da contratação de Ronaldinho - e talvez pressionados pela ausência de patrocínio -, os dirigentes inflacionaram os ingressos e muita gente anda chiando. Há motivos reais, pois a arquibancada especial passou de R$40 para R$70, a numerada descoberta de R$50 para R$100 e a coberta virou Area Vip, a R$150. A arquibancada também foi reajustada de R$15 para R$20. Ideologicamente, no entanto, preciso fazer algumas ressalvas.

A diretoria força, a todo custo, a adesão ao Fiel Torcedor, que ano passado estava cambaleante e hoje continua da mesma maneira. Para aumentar o número de cadastrados no programa, concede-se um desconto de 40% no ingresso. Lógico, existe uma anuidade, que é perfeitamente diluída no conforto de se poder pagar o ingresso via internet e de não pegar filas tanto na aquisição quanto na entrada ao estádio. No mais, é uma participação efetiva do corinthiano para ajudar as finanças do clube.

O ponto central é que há torcedores e "torcedores". Tenho a liberdade para fazer tal distinção, da mesma forma que chamam os membros e/ou simpatizantes das organizadas de bandidos, marginais, vândalos e outros termos similarmente degradantes. Para quem não abre mão da gloriosa arquibancada e está no Fiel Torcedor, paga-se os mesmos R$12 por ingresso desde o ano passado. Já os "torcedores" - esse grupo composto por gente que adora modernidades, assiste ao jogo com a bunda na cadeira, arrota as maravilhas que a Copa 2014 vai trazer e que geralmente some nos momentos mais difíceis - estão pagando por um produto (rá!) que pediram, mesmo que ele ainda não esteja disponível para uso (rá!).

Entendam, portanto, que o aumento descarado de preços está vinculado totalmente às demandas criadas por esse tipo de "torcedor", que enxerga o futebol como show, espetáculo, evento, e esquecem da essência, que é o amor incondicional. Não fosse isso, a eliminação da arquibancada na parte central do Pacaembu jamais teria sido consentida. Resolveram separar os marginais do "público comum e de bem" e agora estão pagando pela empáfia.

Nada disso tira da corja imunda sua responsabilidade. Que ela seja clara e transparente, como prega o slogan da administração, e diga na cara do "torcedor" de numerada que ele está pagando o pato por sua efemeridade. Não queiram maquiar o troço, usando o Ronaldinho e a suposta capacitação do elenco como desculpa para tudo (olha lá a estratégia de marketing de novo).

Particularmente, não sinto falta nenhuma do zé-povinho que habita ou habitava as numeradas e arquibancadas especiais. Prefiro os 10 mil de sempre, cujo apoio durante os 90 minutos é incondicional, aos aproveitadores de plantão que no primeiro erro em campo já começam a reclamar. Que seja estabelecida francamente a relação mercadológica: tomem chocolate, paguem o que devem e encham os cofres do Coringão. É a distribuição de renda, caros...

10 comentários:

Filipe disse...

Perfeito, Mano!
Esses bundões, ao invés de se utilizarem da digníssima arte de cornetar (reitero que não ensinarei meus filhos a fazê-lo, isso é tarefa para auto-didatas ou para os tio que ensinam in loco), preferem encher o saco reclamando de tudo, MENOS FUTEBOL.

Parem de encher o saco e façam o Fiel Torcedor, que é o CORINTHIANS e não o filho da puta do cambista. É simples essa lógica.
Querem "modernidade"? É isso que é "modernidade", bando de pebas.

Faço lá no último post, porém, uma consideração sobre esse aumento abusivo, excludente, elitista ao extremo.

ACORDA FIEL
ACORDA BRASIL

Claudio Yida Jr disse...

Elitista, sem dúvida. E, de novo, é fruto da demanda criada. Veja que eu já alertava sobre esse aumento de preços desde 2007. O próximo passo é a instalação da jaula para nós, bandidos, a correlação de calendários com a Europa e o fim de campeonatos regionais.

Filipe disse...

Exatamente como quer madame.

Mônikita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mônikita disse...

Boas Amigo

Sabe eu acho o seu bolg um dos melhores.
Pq o que não falta são blogs manipuladores de opiniões, qdo se trata de Corinthians e adjacentes... mas confesso que além de ficar admirada com sua postura em relação aos preços da numerada achei lamentavel tb.
Essa questão JAMAIS é uma questão de dsitribuição de renda.
Trata-se de manipulação e divisão de castas entre nós corinthianos da qual estamos sendo cumplices.
Afinal qq tipo de generalização com TORCEDOR seja pra qq lado É INJUSTA ...
E as vdd de qq lado tb não são absolutas.

Abraço

Claudio Yida Jr disse...

Monikita, as generalizações que eu faço aqui visam expor um problema maior. Também não concordo com a alta nos ingressos, que foi muito exagerada. Mas o Corinthians só fez copiar o que é feito na Europa e que, para a opinião média, é motivo de comemoração.

Tente comprar um ingresso no pior setor do estádio para qualquer jogo do Manchester United, por exemplo, e saia de lá na miséria.

Todas essas questões não existiriam hoje se, lá atrás, não tivéssemos nos omitido (e aí, mais uma vez eu generalizo e me incluo, apesar de ter sempre combatido aquela maldita arquibancada especial laranja) e deixado que o fator mercadológico fosse imposto no futebol e na relação torcedor-clube.

Eu venho dizendo aqui, desde 2007, que a Copa do Mundo vai nos destroçar. Se hoje está R$100, em 2014 o ingresso custará três vezes mais.

Abraços!

Mônikita disse...

Eu sei Querido que vc está falando de um problema maior...
Só que vamos resolver primeiro o nosso aqui.
Se o CORINTHIANS copiou o modelo europeu mais uma besteria dessa diretoria... afinal não somos primeiro mundo e muito menos nossa torcida é rica para pagar preços a esse valor.
Somado a isso o fato de estarmos numa CRISE MUNDIAL maior que a de 29 ... e com certeza só afasta o corinthiano do campo.
Sejamos realistas.
E pq SÓ o corinthiano de numerada tem que pagar o fofucho?
Ah tá pq está generalizado que ali ficam os playboys corinthianos?
Assim como se generaliza que nas arquibancadas ficam os marginais?
AS 2 ESTÃO ERRADAS....
NOOOOOOO ESTADIO TODO FICAM OS CORINTHIANOS, que em todo lugar tem gente que vai msm pra torcer e outros que vão na crista da coisa msm.
Veja meus Pais tem quase 70 anos tem pelo menos 65 de corinthians cada um pq vão desde pequenos... e agora no fim da vida depois de uma vida toda acompanhando o CORINTHIANS tem que bancar 300,00 reais?
Levado em conta que por condições fisicas assistem jogo numa numerada...
Te garanto que como ele tem muitos lá e que colocam muitos arquibancadas no bolso em caminhada e vontade com o CORINTHIANS.
Percebe?
E o Sr. Sanchez usa disso (dessa divisão tola que temos na nossa Nação) e somado a grande bobagem que aquele lixo do Flavio Prado falou pra justificar o INJUSTIFICAVEL... que o corinthiano de numerada tem que pagar a conta.

Triste isso irmão pq estamos sendo manipulado que nem a corja imunda faz com os leitores...

;)

PELO CORINTHIANS SEMPRE!

Craudio disse...

Monikita, mas é exatamente sobre isso que eu estou falando. As colocações do último parágrafo - e provavelmente deve ter sido o que motivou tua discordância - apenas cobram a postura clara das coisas. Não concordo de maneira nenhuma com esse repasse do fator R9 aos ingressos, em nenhum setor do estádio. Essa corja improdutiva que consiga um patrocínio para bancar tal devaneio.

Para questão de correção, reitero que há o tal zé-povinho também nas arquibancadas e tobogãs, e eu abomino igualmente esse comportamento.

Voltando para a divisão na torcida, o que me dá a segurança de bradar em nome da arquibancada - e mesmo que haja aproveitadores em qualquer setor que seja - é o fato de que nos piores momentos as numeradas estavam às moscas. Da mesma forma, o que tinha de gente por lá em 2005 que pedia autógrafo pro Kia não está no gibi.

Pontualmente, no caso do fanático da numerada (ele existe, jamais negarei isso), insisto que a solução está no Fiel Torcedor. São R$75 por mês referente à anuidade, mais R$60 do ingresso por jogo. A numerada em 2008, se não me engano, era R$50. Levando em conta que essa anuidade é paga pelo conforto de não pegar filas e ainda um dinheiro que ajuda o clube, os jogos saem por R$60, ou seja, reajuste de R$10. Nada tão pesado.

Abraços!

Mônikita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mônikita disse...

Vdd isso mas não foi só a numerada que pegou autografo do Kia... não é msm?
E colocar $$$ no Corinthians é obrigação de todos nós

Abs