20 março 2009

Mais um caso de censura


É notória e vergonhosa a atuação do presidente do STF Gilmar Mendes na defesa dos interesses de Daniel Dantas. Com a ajuda de Veja, Falha e Globo, Gilmar vem espinafrando a imagem do delegado Protógenes Queiroz e do juiz Fausto de Sanctis, responsáveis pela prisão do referido banqueiro.

Por conta dessa série de aberrações do poder judiciário e da imprensa, o jornalista Leandro Fortes, da Carta Capital, foi a um programa na TV Câmara dizer o que acha e o que não acha sobre o caso, tentando provar que tudo isso não passa de ceninha para proteger criminosos do colarinho branco. Gilmar Mendes não gostou do que foi dito e solicitou ao presidente da Câmara, Michel Temer, que o programa fosse retirado da programação eda internet. A censura foi prontamente atendida pelo deputado cujo partido anda fazendo propaganda para falar que é a favor do Estado Democrático de Direito.

Saiba mais sobre o troço no PHA. Felizmente, a internet não permite que esses atos arbitrários passem batidos e, mais ainda, recupera e divulga material censurado. Tem gente que chama isso de pirataria.

Um comentário:

Alexandre Henrique disse...

Olá Rivale !
Parabéns pelo blog.
abraço
Alexandre Damiano