22 julho 2009

Para divulgação geral e irrestrita


Este espaço, ao lado do AnarCorinthians e dos blogues rivais Cruz de Savóia, Forza Palestra e Forza Palestra!, realizamos desde 2008 a reedição do Jogo das Barricas. Isso nos rende a tacha de idiotas, primatas, radicais, intolerantes e invencionistas, até mesmo por gente que diz estar do lado de cá da trincheira. Alardeiam que a infeliz partida, datada do ano de 1938, na verdade não existiu - e isso é uma mentira, como será visto mais à frente.

Ao contrário da arrecadação de esmola para o clube leonor - como fizeram o governo do Estado, a ditadura militar e a imprensa suja -, nossa intenção foi promover uma reparação histórica. Ambas as edições tiveram o escárnio como pano de fundo e serviram para mostrar que, apesar da rivalidade doentia entre corinthianos e porcada, não é preciso setor família nos estádios para a convivência respeitosa das torcidas.

Calando a boca de quem ainda não se convenceu de nossa seriedade, seguem abaixo algumas imagens recebidas e reproduzidas pelo Seo Cruz, o homem do furo. Provas cabais não só da trágica iniciativa de Corinthians e palmeiras em ajudar os leonores, mas também da existência do time oficial da imprensa. Atentem aos destaques em amarelo e, caso não consigam ler, acessem o post no Cruz de Savóia para entender, de uma vez por todas, o que é o derby paulista e por que é uma imbecilidade ele acontecer naquela terra esquecida por Deus chamada Presidente Prudente.




Um comentário:

Forza Palestra disse...

Grande Seo Cruz!