16 janeiro 2009

Parem as máquinas (exclamação)


Meu Deus! A Tia Dora está contente, a Miquelina vai feliz ao baile da Sociedade. Ele está de volta às telinhas de todo o Brasil. O polêmico, o torcedor verde do Jornalismo Futebol Clube, o folclórico, o engraçadíssimo Roberto Avallone.

Comandando o programa No Pique, que estréia nesse domingo, às 21h, na CNT, Avallone retoma sua carreira televisiva. Reconheçamos: o palestrino estava fazendo muita falta. Com os programas de debate esportivo nas noites dominicais cada vez piores, No Pique irá ressucitar os comentários nada convencionais e, principalmente, os jargões que fizeram a fama de Avallone.

Notem que não há mais espaço para esse tipo de jornalista esportivo na TV. Por isso mesmo, as expressões do fanfarrão apresentador já bastam para comemorarmos sua volta. Até porque, depois de ser tirado do Bola na Rede, da Rede TV, e substituído pelo péssimo Fernando Vanucci, Avallone parecia ter sido aposentado compulsoriamente.

Tenho certeza de que, daqui algumas semanas, eu já estarei xingando esse porco desgraçado porque ele vai falar alguma baboseira sobre o Corinthians, mas isso faz parte do show. Trata-se de uma relação que aprendi a ter - e muitos da minha geração também - com Avallone na telinha, desde aqueles áureos tempos de Mesa Redonda Futebol Debate.

Nessa época, nutria um grande ódio pelo moço por considerar exagerados seus deboches contra o Timão. Hoje, com um pouco mais de discernimento, vejo que as ferinas palavras nada mais eram do que a rivalidade Corinthians e porco sendo exaltada em rede nacional. Depois que Avallone ficou fora do ar e imbecis como Flávio Prado, Vitor Birner, Milton Neves e a turma estéril do Sportv passaram a representar a nata da crônica esportiva na televisão, ficou aquele sentimento de "eu era feliz e não sabia". Que Nino, o italianinho volte com a corda toda!

Na contramão - É patético e dá vergonha alheia o novo formato do Globo Esporte. Apresentado por Tiago Leifert (que deve ser filho bastardo de Mano Menezes, tamanha a semelhança entre eles), o jornal é recheado daquelas gafes usuais que a Globo comete quando resolve trabalhar ao vivo. É notável a incompetência da emissora carioca em improvisar, e isso só comprova que na Vênus Platinada tudo é formatadinho e, conseqüentemente, manipulador. Para quem acredita na baboseira do padrão Globo de qualidade...

11 comentários:

cruzdesavoia disse...

Tive que citá-lo novamente, profeta gambático! Teu blogue anda duca!

bianchini disse...

Na contramão - É patético e dá vergonha alheia o novo formato do Globo Esporte. Apresentado por Tiago Leifert (que deve ser filho bastardo de Mano Menezes, tamanha a semelhança entre eles), o jornal é recheado daquelas gafes usuais que a Globo comete quando resolve trabalhar ao vivo. É notável a incompetência da emissora carioca em improvisar, e isso só comprova que na Vênus Platinada tudo é formatadinho e, conseqüentemente, manipulador. Para quem acredita na baboseira do padrão Globo de qualidade...


kkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!
concordo em genero e grau.....
abçs................

Forza Palestra disse...

Sim, Avallone faz muita falta. É bom tê-lo de volta. Só não sei se essa tal CNT pega lá em casa...

Quanto ao "novo" Globo Esporte, eu vi dia desses, mas sem som. O cara é bizarro, mas o formato do programa consegue ser ainda pior.

Claudio Yida Jr disse...

Cruz, tuas referências motivam as pautas.

Bianchini, seja bem-vindo! Pior é o incômodo estomacal que a vergonha alheia proporciona, já que o Globo Esporte passa bem na hora do almoço. abraços!

Barneschi, se tu tiver NET, a CNT pega sim. Acho que naqueles primeiros canais do decodificador.

cruzdesavoia disse...

CNT é a boa e velha GAZETA, ou estou enganado?

Claudio Yida Jr disse...

É que teve um esquema entre CNT e Gazeta num certo período. A CNT é lá do Paraná, se não me engano, e foi de lá que saiu o Alborguetti e o Ratinho.

Na Net é o canal 12. Parabólica também pega, mas não sei em qual canal.

E só uma correção: o programa começa às 21:30.

Filipe disse...

Porra, como já cornetei no Cruzão, o Roberto foi grande amigo da minha Avó, aquela comedora de Ragu.
E tenho o maior orgulho de dizer que meu pai trouxe novamente esse cara, do primeiro ostracismo, na década de 90. Viva esse comedor de bracciola!!!

E programinhas de madame que transformam futebol em boate, em butique, tinham que ser ridicularizados. Isso ainda não fizemos, Japonês.

E viva o PORTA-VOZ!!!

Filipe disse...

Aliás, tive a oportunidade belíssima de xingá-lo na mesa do Capuano, no auge dos meus treze anos. Isso não tem preço!

E viva esse comedor de bracciola que vai ser xingado como merece!!!

Claudio Yida Jr disse...

Filipe, ele já usava aqueles troços de cobrir a careca que ficam escorrendo com o suor?

Mamma mia!

bianchini disse...

claudio vc está correto!!!!!teve sim um esquema à alguns anos atrás...e sim ela é do Paraná...aqui pega nos seguintes canais:
canal 12 net
canal 09 sky
canal 26 uhf


abçs.................

Filipe disse...

e já tinha aquela cara de aliche desossado, com aquelas olheiras de mastim que depois ele processou esteticamente. E já pintava aquele cabelinho de Giuseppina!