08 setembro 2008

Pra quando o Carnaval chegar...


No aguardo do jogo entre a Seleção Brasileira e o Chile no último domingo, sintonizei o agonizante Mesa Redonda da Gazeta. Entre opiniões que valem menos que aquilo que o gato enterra, barulhos de xícaras vazando pelos microfones – ou seria a dentadura do Solera no copo? – e uma insuportável dupla de apresentadores, valeu a pena ter perdido alguns minutos por lá.

* Antes, uma breve constatação: a decadência dos programas de debate esportivo é absurdo. Lotados de velhos velhacos, eu não posso entender como essas coisas vão ao ar. Paguem metade do que pagam a esses dinossauros pra mim que eu faço coisa muito melhor...

O outrora obrigatório programa dominical apresentou uma bela matéria sobre um templo muçulmano do interior paulista, cujas dependências servem de abrigo para refugiados de guerra. O gancho seria o líder do templo, que, ao chegar ao Brasil, percebeu que era corinthiano. Mas quem protagonizou a reportagem foi um menino de seus 10 anos ou menos, oriundo do Iraque.

Primeiro, é preciso ressaltar a consciência política do moleque. Falando da guerra e da invasão norte-americana, ele foi certeiro ao apontar os culpados pelo clima de terror implantado em seu país a partir de 2003: “A América (sic)”, diz o garoto.

Emocionante, no entanto, foi ver a paixão do menino pelo futebol e pelo Corinthians. Sem contar seu deslumbramento com o Brasil, já adotado como segunda pátria. Além de arranhar o português, os primeiros versos do hino alvinegro já estão na ponta da língua.

Histórias assim me fazem acreditar, à beira dos meus 27 anos, que as coisas ainda vão mudar, independentemente de Gilmar Mendes, Daniel Dantas, revista Veja e goleiros que desrespeitam o Presidente da República, cobram patriotismo, mas vão fazer fortuna na Europa. Melhor fala sobre o que nos cerca e suas esperanças o Luís Nassif, em uma brilhante análise do momento histórico pelo qual passa o Brasil.



4 comentários:

proeva disse...

camisa bonita... comemorativa... quem te deu?

kkkkkkkkkkkkkkkkk

ClaudioYidaJr disse...

hahahhahahahahahahahahahha

Ficou igual a do moleque da foto.

Filipe disse...

GRANDE CORINTHIANO,

Parabéns! Muitas felicidades, alegrias, saúde, e que São Jorge te abençoe.

(tentei achar essa reportagem no youtube mas não tem...)

ClaudioYidaJr disse...

Obrigado, mano véio!